sábado, 3 de dezembro de 2016

ATUALIZAÇÃO DE ENERGIAS - ESPERE POR MAIS TRAGÉDIAS




Compreenda que as atitudes devem ser mudadas a partir de nós mesmos.

O povo brasileiro foi culturalmente acostumado a copiar padrões que não tem nada haver com a sua essência. 
Não temos nenhuma consciência de nós mesmos e de quem somos. 
Embora, na maioria da vezes, não concordamos e/ou estamos vendo na frente dos nossos olhos que algo está errado, culturalmente achamos que o "jeitinho" passa por cima de qualquer coisa. 
O que estamos vendo são poucos ganhando muito dinheiro, discutindo quem tem mais poder, em detrimento a uma população que está cada vez mais sendo furtada de todos os seus direitos.

O Brasil é um país rico pela sua geografia, pelo solo rico, pelo clima, pela quantidade ilimitada de minérios. 
Somos hoje um dos três países mais ricos do planeta, além da China e da Índia. Ao contrário, o noticiário impõe todos os dias que estamos endividados, que fomos roubados, pagamos juros de banco altíssimos para pagar um dinheiro que políticos roubaram e para encher os cofres dos bancos que não são brasileiros. Essa é a verdadeira razão do povo estar sendo furtado em todos os níveis.

O endividamento do Brasil é simplesmente político.

O povo brasileiro é culturalmente iludido e, por isso, é fácil de ser enganado. Porque quer se dar bem. Isso tem ser mudado e ser conscientizado. 
A "lei de Gerson" não funciona mais com as novas energias da quinta dimensão.

E é por causa da nossa displicência e do nosso jeitinho que fretamos um avião de uma empresa desconhecida, cujo valor do frete deve ter sido muito mais barato, para nos aventuramos em uma viagem arriscando a vida, mas a intenção era boa, que era de economizar dinheiro e nos darmos bem. 
Jogamos com a sorte sempre, essa que é a verdade. 
O resultado foi que acabou o combustível porque a empresa aérea também queria se dar bem e economizar em combustível. 
A sorte foi lançada como cartas num jogo de azar. 
Não nos demos bem, morremos por causa no nosso jeitinho brasileiro e, ainda, levamos conosco inocentes.


Esse tipo de atitude não combina com as novas energias da quinta dimensão; e toda a intenção que não tiver alinhada com a nova grade energética planetária não tem bom final.

É por causa do jeitinho brasileiro que estamos na situação atual. 
Não sabemos quem está certo, se é o poder legislativo ou o poder judiciário. 
O que sabemos é que se eles, no meio dessa briga, conseguirem dar um jeitinho de encherem nossos bolsos de dinheiro, então, é esse indivíduo que vamos apoiar.

Não queremos saber quem está com a verdade, mas cultuamos a qualquer um que venha satisfazer o nosso espírito burguês feudal. 
Ou seja, que venha para mim para que eu possa me dar bem para manter a minha vida comum. 
Mas se esses que estão no poder não satisfazerem os nossos desejos materiais, amanhã seremos os primeiros a tirá-lo do cargo de super-herói para jogá-lo fora no lixo, como fazemos com os animais e com os fetos e embriões humanos, abortamos e jogamos fora no lixo. 
Porque esse também não conseguiu dar o jeitinho que queríamos.

Não há lei que impeça o jeitinho brasileiro culturalmente incutido nos nossos hábitos.

A quinta dimensão está aí, não há mais chance de jeitinho nenhum, estamos sendo avisados e mais tragédias virão de todos os tipos.

Fomos furtados, mas isso não é de hoje, nem de poucos anos atrás. 
E não será o governo ou nenhum poder que irá resolver o problema de consciência do povo brasileiro. 
Se cada um fizer a sua parte e cuidar de si e da sua vida com intenção a um bem maior, já é o suficiente para mudar.

Não precisamos de bengalas para justificar nossos próprios erros. 
Sim, se um povo não quer, não tem poder nenhum que trave esse povo.

Mas para isso precisamos ter consciência, parar de sermos curiosos, pegar o livro, a constituição, para vermos onde estamos errando de novo.

Estamos errando de novo e mais tragédias virão, inevitavelmente.

São as novas energias da quinta dimensão, por isso, não temos mais saída, ou mudamos ou mudamos. 
A responsabilidade é um dos pilares da Nova Era.


Por : Sônia L Pereira

Publicação : Mostradores da Luz

AMOR INCONDICIONAL PELO NOSSO EU – CHAKRA SEIS





Por Suzanne Lie PhD
Em 15 de fevereiro de 2016


Queridos Leitores:
Nós nos movemos além do nosso eu pessoal, que é representado por nossos cinco chakras e passamos ao nosso Eu Multidimensional, que é representado por nossos Sexto e Sétimo Chakras. Portanto, as meditações para amar incondicionalmente esses chakras serão menos sobre nosso eu pessoal e mais sobre descobrir, liberar e viver o Amor Incondicional, o Poder Multidimensional e a Infinita Sabedoria de nosso VERDADEIRO EU Multidimensional. Obrigada a todos vocês por continuar esse processo por sua infância, fase adulta e para o seu verdadeiro EU Multidimensional.


Amor Incondicional por Nosso Eu

O SEXTO CHAKRA – SEU TERCEIRO OLHO

* Clique aqui para Ouvir a meditação: https://soundcloud.com/multidimensions/unconditional-love-chakra-six


* Clique Aqui para fazer o Download da Meditação: https://www.dropbox.com/s/xgsth9bvnb9xqxe/SixthChakra.mp3?dl=0


Tradução da Meditação do Sexto Chakra

Estou experimentando o reconhecimento de alguma coisa dentro de mim que eu sei que sempre esteve lá, mas eu não posso explicá-la. Eu não tenho certeza do que estou explicando, mas eu creio que é um sentimento. Como se explica um sentimento... e esse sentimento não parece humano? Pelo menos não parece um humano tridimensional com todas essas limitações.

Talvez, esperançosamente, é um “eu” que está em uma frequência de transição entre a terceira dimensão e a quinta dimensão. Sim, é isso. É como se eu estivesse lembrando algo que eu tentei esquecer. Eu não sei por que tentei esquecer essa realidade porque o vislumbre dela é muito especial.

Entretanto, não posso dizer que estou certa sobre esse sentimento. Na verdade, quanto mais sei desse sentimento – mais eu sei que não sei.

Tive instruções, intuições e transmissão – seja lá como chamo agora, de que há algo se formando dentro de mim. Esse dentro de mim meramente significa que eu finalmente estou confessando que todos que ouço, todos que canalizo, todos que redijo, todos que vivencio são uma versão de “mim”.

E se todas essas versões, todas essas vidas, todas essas realidades possíveis entrarem no agora? E se todas as coisas que eu separei com o tempo começassem a fluir uma na outra? Como elas pareceriam?

Nós temos sido capazes de separar os desafios da terceira dimensão por separá-los em pedaços pequenos. Entretanto, essa tática apenas criou mais ilusões, pois a unidade é a chave que abrirá a porta para o quebra-cabeça de nos tornamos nosso verdadeiro eu multidimensional em nossas vidas diárias.

Premeditado, todos nós escolhemos vidas e interesses individuais e separados para que cada um de nós tivesse nossa própria peça de um grande quebra-cabeça. Mas agora nossas peças do quebra-cabeça são chamadas para se unir em um todo do ser senciente de Gaia.

Quando nós começamos esse quebra-cabeça, incontáveis vidas atrás, nós apenas pensávamos sobre humanos que pareciam conosco, falávamos nosso idioma se tivéssemos um porque todos nós vivíamos em uma pequena caverna. Mesmo então, nós tínhamos cavernas separadas de tribos separadas. Agora nós precisamos perceber que devemos liberar esse hábito porque nenhum de nós é diferente dentro do nosso eu.

Nós somos o mesmo ser usando trajes muito diferentes que consideramos nosso corpo físico. Alguns desses trajes nem são humanoides. Alguns desses trajes são cetáceos; alguns desses trajes são felinos. Alguns desses trajes são caninos. Alguns desses trajes são reptilianos ou insetos. E a lista continua.

É o Agora de tirar esses trajes e ver Todos como consciência pura, como Luz pura e Espírito puro. Por que é socialmente aceitável estar assustado, deprimido, ansioso ou doente quando parece ser socialmente inaceitável ser um membro de nosso próprio EU Multidimensional?

E se fôssemos totalmente honestos e diríamos algo como: “Oi, meu nome é Sue Lie e eu sou humana, Arcturiana, Pleiadiana com um pouco de Siriana e um pouco de Draconiana e também Zeta. Eu também tenho uma forte estirpe de Antariana, uma pontinha de Andromedana. E, ah sim, atualmente estou usando uma forma humanoide tridimensional em um pequeno planeta chamado Terra”.

Parece que a Terra está toda alvoroçada porque os membros desse planeta estão começando a considerar a possibilidade da Ascensão pessoal e planetária. Claro, esta é apenas uma pequena porcentagem desses humanos porque muitos outros pensam que eles são somente humanos.

Eu espero que eles não fiquem muito aflitos quando descobrirem diferentemente. Para aqueles que têm medo de trocar um emprego que eles odeiam, eu somente posso imaginar como aterrador seria para eles aceitarem que sua realidade inteira está mudando.

Agora eu percebo o que está mudando dentro de mim. Simplesmente não posso mais esconder. Por mais que eu possa dizer muitas coisas incomuns no blog, eu normalmente retenho – somente um pouco. Eu tento amenizar um pouco para as pessoas não ficarem com medo, não ficarem assustadas. Mas as pessoas que têm apresentado medo de mudanças ficarão com muito mais medo se elas não perceberem que algo está diferente.

Não, não é físico. Entretanto, é psicológico e espiritual. Mas no mesmo Agora, são todas essas coisas de uma só vez. É como se estivéssemos passando por um reajuste tal como elas, onde e o que forem – falam sobre um reajuste financeiro, alguns de nós estamos engajando num reajuste de consciência. Ao invés de tentar obter o que sempre quisemos na terceira dimensão, nós queremos seguir esse sentimento que está lá no nosso fundo e ao nosso redor.

Quando estamos cansados, doentes, emotivos, sonolentos ou famintos – em outras palavras, quando nossos vasos terrenos precisam de nossa atenção, nós nos esquecemos desse novo sentimento. Sim, é um novo sentimento. Entretanto, para nós que estamos nesse caminho de reconhecer nossas percepções pentadimensionais – este sentimento parece ser bem antigo. Ele parece que sempre esteve aí, mas é somente Agora que nós o estamos reconhecendo.

Nós nem sempre sabemos comoou por que ou até o que está diferente. Mas dentro de nós sentimos algo em nosso âmago o que nunca sentimos antes, que nem em quaisquer de nossas inúmeras realidades e inúmeras linhas temporais sentimos essa experiência a menos que tenhamos sido honrados o suficiente para experimentar pessoalmente uma Ascensão humana.

Claro, não somos mais apenas humanos do que somos AGORA. Mas nós estávamos usando um vaso terreno humano. Portanto, acreditávamos que nós éramos apenas humanos. E percebemos o que nós acreditamos.

Precisa-se de muita coragem para ver a perspectiva multidimensional total da vida enquanto ainda estamos usando um vaso terreno. Entretanto, precisamos chegar a esse grau de ciência consciente de nossos verdadeiros eus se formos fazer essa transmutação em nosso verdadeiro Corpo de Luz pentadimensional.

Então aqui estamos nós nesse Agora – nesse estado de consciência em que nós sabemos que algo está muito diferente, e estamos aqui para perceber que cada um de nós sabe exatamente o que nós sabemos. Nós somos peças de quebra-cabeça que precisamos unir umas com as outras para pegarmos todas as nossas peças e reuni-las para ter esse quadro inteiro do que realmente está ocorrendo em nossa realidade.

Mais uma coisa para lembrar é que nossa realidade está mudando tão depressa que não podemos ficar ligados a qualquer dada versão de nossa realidade pessoal e até realidade possível ou nós poderíamos “perder o ônibus” dessa nova realidade que estamos criando dentro do nosso eu.

Todos nós temos o mesmo grau de importância. Nós somos todos os seixos que criam a praia de milhões de estrelas que enchem o céu. Todos nós somos a Terra e todos nós somos o Espírito. Todos nós somos o Espírito de Gaia. E o Espírito de Gaia é todos Nós.

Nós somos as pessoas que Amam Incondicionalmente este Planeta que é o nosso Lar. E quando retornarmos às nossas naves que tão desesperadamente sentimos saudade, nos encontraremos na holosuite da Terra tridimensional para discutirmos entre nós sobre o trabalho fantástico que Gaia realizou sendo um planeta.
Nós riremos e conversaremos sobre como nós humanos éramos para ser os guardiões do solo e como alguns de nós humanos fomos capazes de lembrar que Gaia era a nossa mãe Terra.

Sim, é claro que alguém interessado nessa transmissão ama Mãe Gaia e dá o seu melhor para cumprir o contrato com Gaia que ele, que você, que nós agora nesse processo de cumprir para transmutarmos nossa amada Gaia tridimensional em sua expressão tetradimensional e sua expressão pentadimensional.

Nós lembramos que entramos em nossos atuais vasos terrenos para assistir Gaia da forma que soubermos, nós soubemos por que entramos na consciência de Unidade de “Eu vim por Gaia”.

E Eu, Nós, Todos nós estamos Agora aqui por Gaia.





SOBRE O SEXTO CHAKRA
Um círculo envolve os símbolos para os quintos primeiros chakras. Este não é o caso com o sexto e o sétimo chakras porque esses dois chakras representam a expansão de nossa consciência para além do “círculo” limitador do nosso eu tridimensional.

LOCALIZAÇÃO: A localização do sexto chakra, também conhecido como Chakra Frontal, é entre os olhos no centro da testa.

PÉTALAS: Há noventa e seis pétalas neste chakra. Essas pétalas girando aceleram para um vórtice rotativo quando o Terceiro Olho está aberto.

NOTAS E MANTRA: A nota para esse chakra é o “A” e o mantra é “aum”, “om”, ou “mmm”. O mantra “om” é usado por muitas tradições para alcançar a consciência em onda teta.

COR: A cor para o chakra frontal é o índigo. As crianças nascendo agora são chamadas de “Crianças Índigo” porque nascem com o Terceiro Olho totalmente aberto. Será o nosso desafio proteger essas crianças de nosso mundo perigoso até terem idade suficiente para se tornarem nossos líderes.

REGÊNCIAS: O sexto chakra rege nossa intuição e imaginação e está associado com as partes de nossa consciência envolvidas com uma visão espiritual da vida. Este chakra às vezes é conhecido como o Lar do Espírito, e ele tem a capacidade de nos informar da motivação por trás das ações. Através do sexto chakra nós podemos observar o teatro externo da vida a partir de um ponto de vista interior. A visão interior também é regida por este chakra. Pela meditação sobre nosso chakra frontal nós podemos obter grande inspiração e a visão de nosso propósito e destino.

Este chakra frontal rege nossos sonhos durante o sono. Há três tipos de sonhos:
1 – Nossos sonhos inconscientes, que trazem questões antigas de nosso subconsciente para que possamos ter um entendimento mais claro de como nós realmente sentimos ao invés de como “deveríamos” sentir. Nós podemos perceber esses sonhos como pesadelos ou como oportunidades para estarmos conscientes de nossa própria escuridão para que ela possa ser curada e liberada.

2 – Nossos sonhos conscientes, que frequentemente são ensaios gerais para o que estamos fazendo ou tentando fazer em nossa vida desperta. Após ter esses sonhos nós podemos nos sentir casados, como se tivéssemos trabalhado a noite toda e em um sentido, trabalhamos.

3 – Nossos sonhos superconscientes, que permitem que tenhamos jornadas despertas reais pelos planos interiores. É importante anotar esses sonhos e integrá-los em nossas vidas cotidianas, pois eles são orientação espiritual real.

Mesmo se um sonho não é lembrado, ele ainda libera tensão psíquica. A pesquisa tem mostrado que pessoas que receberam sono adequado, mas foram privadas de sonhar, ficam desorientadas e psicologicamente perturbadas. É muito benéfico aprenderemos a lembrar de nossos sonhos importantes, porque eles nos dão informação importante sobre o nosso EU.

Há dois modos eficazes de lembrar nossos sonhos. Um, nós nos dizemos ao ir dormir, “Eu me lembrarei de meus sonhos”. Dois, antes de abrirmos nossos olhos pela manhã nós nos dizemos qual foi o nosso sonho. Esta atividade transfere os sonhos do nosso cérebro direito imagético para as áreas de linguagem de nosso cérebro esquerdo.

Então nós podemos nos lembrar do sonho tempo suficiente para anotá-lo. Alguns sonhos não são difíceis de lembrar e, na verdade, eles nos perseguem até que os processemos, até que nós entendamos totalmente o significado deles.

SENTIDO: Os dois últimos chakras regem os sentidos superiores. O sexto chakra rege o nosso sentido superior de telepatia, empatia, percepção extrassensorial e todas as outras capacidades que estão latentes nos 85% de nosso cérebro que nós normalmente não utilizamos.

SIGNO ASTROLÓGICO: O pensamento holístico e a percepção de correlações interiores de Sagitário/Júpiter, o pensamento divinamente inspirado, conhecimento superior e flashes de intuição de Aquário/Urano, e a imaginação, intuição e acesso às verdades interiores pela devoção de Peixes/Netuno regem este chakra.

ELEMENTO: Os elementos para os dois últimos chakras também são metafísicos, ou além do físico. O sexto chakra rege a visão espiritual e o som interior.

CONSCIÊNCIA: Este chakra rege a expansão de nossa consciência tridimensional para abranger nossa percepção consciente da quarta dimensão. Esta percepção consciente da quarta dimensão significa que nós nos lembramos de nossas viagens interiores, sejam elas trazidas pelo sono ou pela meditação. Também significa que nós aprendemos a integrar a inspiração, iluminação, e conhecimento que obtivemos em nossas vidas físicas cotidianas.

LINHA TEMPORAL PESSOAL: O chakra frontal representa o estágio de vida em que nós somos adultos autorrealizados e aprendemos a viver em harmonia com o nosso EU expandido e com os outros. Visto que vivemos na terceira dimensão, isso não significa que nunca temos problemas, mas que nós não os vemos como “problemas”.

Nós experimentamos as dificuldades da vida como iniciações através das quais nós podemos crescer e expandir nossa consciência. Nós percebemos que nosso verdadeiro eu é um ser multidimensional que transferiu um holograma de sua essência para as dimensões inferiores para reunir experiências. Nosso adulto autorrealizado sente-se em unidade com Tudo Que É e está ciente das responsabilidades dessa unidade.

LINHA TEMPORAL SOCIAL: A época melhor representada pelo chakra frontal é o esperançoso futuro próximo. Se pudermos sobreviver aos desafios de hoje e nos conectar à consciência da Terra, Lady Gaia, nós vivenciaremos a profunda união da Civilização Planetária. Nesta época, essa possibilidade parece um pouco sombria, mas precisamos nos lembrar de que a hora mais escura é logo antes do amanhecer.

Nós somos informados já há muitas décadas que estamos entrando numa Era Dourada em que viveremos em conexão constante com nosso eu multidimensional. Há muitos de nós que tiveram essa experiência em 2001, mas há muitos mais que não. Se pudermos conscientemente nos fundir com Deus/Deusa/Tudo Que É e entregar a essa Unidade, nós estaremos livres do medo deste holograma e escolheremos a realidade onde nós conscientemente passamos para a Terra tetra e pentadimensional.

GLÂNDULA ENDÓCRINA: A glândula endócrina para o sexto chakra é a glândula pituitária. Esta glândula é abrangida em profundidade na “Abertura do Terceiro Olho”.

PLEXO NERVOSO: O plexo nervoso para este chakra é o plexo carotídeo, que rege os nervos da face, seios paranasais, visão e audição.

LIMPO: Quando esse chakra está limpo há capacidades intelectuais e psíquicas ampliadas. Nossa memória é boa e nossas percepções são apuradas. Através de nossa capacidade de viajar conscientemente nas dimensões superiores de nossa realidade interior, nossa capacidade de visualizar é amplificada, nossa imaginação é expandida e nós somos capazes de projetar nossas visões e imaginações para o nosso mundo exterior. Nossos seios paranasais são limpos e nossa audição e visão são amplificadas pela nossa capacidade de usar nossos sentidos internos inatos para ampliar a informação obtida pelos nossos cinco sentidos físicos.

NÃO LIMPO: Quando o sexto chakra não está limpo nós temos dificuldade de focalizar a vida, nós podemos ter problemas de saúde mental, nós podemos estar desligados e distantes dos outros e sofremos de estagnação intelectual. Nós podemos sofrer com dores de cabeça e pensamento confuso como também problemas nasais, dores de cabeça e problemas de visão e audição.

CHAKRA DA TERRA: Faz sentido que o sexto chakra da Terra esteja localizado nos Himalaias, Tibete, pois esta é uma área que sempre tem estimado expansão de consciência e viagem para os planos interiores superiores de realidade.

DIMENSÕES: O chakra frontal rege as ondas teta de nossa consciência expandida como também nossa excelência intelectual e psíquica. Este chakra representa nossa exploração consciente das dimensões superiores encontradas em nosso EU. Pela meditação sobre o sexto chakra nós podemos abrir nossa consciência para abranger a quarta dimensão até o limiar da quinta dimensão.

RESUMO: O sexto chakra representa o primeiro passo para a nossa jornada para o Lar. Assim que esse chakra é aberto, nossos sentidos superiores são ativados e nossas percepções da vida se expandem. Nós não somos mais capazes de nos limitar às regras físicas de separação dos outros e de nosso EU. Nós nunca mais vamos experimentar a vida física do mesmo modo porque não podemos nos limitar às “caixas” da vida no mundo.

Nossa jornada começou e o Descontentamento Divino nos alcançará se tentarmos dar às costas à nossa vida maior. Felizmente, a recompensa é que nossa criatividade é grandemente aumentada quando exploramos nosso armazém interior de inspiração e iluminação. Agora nós procuramos por nossas respostas no interior e nós usamos os recursos externos para a validação ao invés de nossa única fonte de informação. A porta para a quinta dimensão fica entreaberta e nós estamos tentando entrar.

A vida no mundo nos chama para continuarmos como éramos, mas nós NÃO podemos. Nós estamos diferentes e essa diferença precisa ser expressa em nosso mundo exterior para nós encontrarmos paz. Nós pesquisamos dentro e fora para encontrar uma vida que se encaixa nesta nova ressonância que descobrimos no interior. Empregos mudam, amigos mudam e relacionamentos mudam.

Eventualmente, encontramos novos trabalhos, amigos e relacionamentos que podem aceitar e apreciar nosso eu maior e, felizmente, há aqueles que permanecem nossos verdadeiros companheiros. Com nossos recursos expandidos nós encontramos outros para nos ajudar como nós, por nossa vez, ajudamos outros.

Nós entramos no nosso Caminho para a Alma e estamos indo para Casa – o Lar dentro do nosso EU.

Fonte: http://suzanneliephd.blogspot.com
Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com.br

ATIVAR NOSSAS PERCEPÇÕES EXPANDIDAS – PARTE 2





Por Suzanne Lie PhD


Em 17 de fevereiro de 2016

Clarisenciência

Clarisenciência é um termo abrangente para todos os sentidos mediúnicos. Quando somos clarisencientes, nós podemos acessar nossos sentidos expandidos para cheirar, ver e tocar a aura de outra pessoa, ouvir os pensamentos de outra pessoa, sentir as emoções delas e/ou comunicar com seres dimensionalmente superiores.

A clarisenciência é experimentada como um sentimento, normalmente acompanhado por uma sensação física. Nós podemos sentir o cheiro de algo que não “está ali”, ter um relance de algo no canto de nosso olho, saber alguma coisa que não sabíamos um momento antes, sair por um segundo para outra realidade e/ou de repente se sentir confuso e desorientado. Frequentemente nós experimentamos nossas realidades alternativas através de nossa clarisenciência.

Há diferentes tipos de “realidades alternativas”. Uma normalmente é conhecida como nossas “vidas passadas”. Entretanto, tempo e espaço são uma ilusão específica da terceira dimensão. Por conseguinte, assim que elevamos nossa consciência até para a quarta dimensão, nós frequentemente começamos a nos experimentar em uma vida que não é coerente com a vida tridimensional que nós estamos acostumados a experimentar.

Assim que olhamos “para baixo” na frequência pela nossa consciência tetradimensional para a terceira dimensão, nós somos capazes de perceber qualquer período que desejarmos. Nossas muitas encarnações na Terra tridimensional podem ser testemunhadas desta percepção como estando alinhadas numa roda do tempo. De nosso ponto de vista da quarta dimensão essa roda não é vinculada ao tempo. Consequentemente, podemos visitar uma vida em 223 AC, então visitar uma vida em 2034 DC, então visitar uma em 1895 AC. Todavia, assim que entramos em qualquer desses períodos, nós estamos limitados ao movimento cronológico do tempo tridimensional.

A clarisenciência pode ser experimentada como um saber que entra em nossa consciência. Se pudermos confiar nesse saber, ele pode nos orientar pelos muitos obstáculos da vida. Essa orientação interna também pode nos direcionar para um melhor conhecimento de nosso eu. Quanto mais conhecemos nosso eu, mais nós podemos discriminar entre as sensações internas que captamos do outro e as sensações internas que surgem de nossas percepções expandidas. Como com todos os relacionamentos, amor incondicional e confiança são o que desenvolve a intimidade. Ser íntimo com nosso eu é um conceito estranho para muitos, mas assim que lembramos e aceitamos nossa verdadeira Alma/EU Multidimensional, essa intimidade expande exponencialmente.

Telecinese

Telecinese é uma capacidade tetra e pentadimensional que nos permite mover objetos pelo espaço sem as operações de nosso corpo físico. Em nosso eu tetra e pentadimensional, nossa mente, emoções e intenções são mais poderosas que nossos músculos. Portanto, nós podemos deslocar objetos por combinar nossos pensamentos e emoções com nossa intenção consciente.

Telecinese normalmente é referida como “mente sobre matéria”. Em outras palavras, com o uso consciente de nossas habilidades telecinéticas nós podemos mover e/ou influenciar a matéria com o poder de nossa mente. Entretanto, as emoções também têm um forte papel na telecinese. Telecinese consciente é uma das percepções expandidas menos comuns. Por outro lado, nós frequentemente influenciamos a matéria com a nossa mente/emoções de uma maneira inconsciente. Por exemplo, aqueles que têm mais de uma propensão para a telecinese, às vezes acendem as luzes da rua ou as apagam simplesmente por caminhar sob elas.

Essas pessoas podem ser atraídas para artes marciais ou esportes tais como tênis, basebol, golfe, nos quais o poder da intenção pode ser conscientemente usado para direcionar o curso da bola ou o golpe das artes marciais. Artistas que trabalham com entalhe ou escultura podem também ter um talento não reconhecido para a telecinese, pois eles manipulam a matéria com suas mãos, mas a intenção de suas mentes/emoções inconscientes também pode ser um forte componente do seu trabalho artístico.


Outro tipo de telecinese inconsciente é um poltergeist. Um poltergeist não é um “fantasma”, mas o movimento da matéria através da intenção inconsciente de uma pessoa viva. Frequentemente essa pessoa é um adolescente que não está ciente da força de suas emoções extremas. De fato, medo, raiva e mágoa podem ser forças muito poderosas. Infelizmente, quando essas emoções são usadas inconscientemente para manipular a matéria, normalmente é aterrorizador para a pessoa que involuntariamente criou esse movimento. Carl Jung, famoso psiquiatra e discípulo de Freud, falou sobre suas experiências telecinéticas quando adolescente em sua autobiografia, Memórias, Sonhos e Reflexões. Na adolescência ele leu todos os livros do décimo terceiro século sobre alquimia que ele pôde encontrar. Consequentemente, ele despertou um grande poder, mas ainda não tinha obtido qualquer mestria sobre suas emoções.

Emoção forte é um componente importante na telecinese porque emoção é “energia em movimento”. Assim que obtemos mestria sobre nossas emoções, nós podemos usar emoções baseadas no amor para consciente e amorosamente elevar a frequência da matéria para a quarta dimensão onde ela está menos sobrecarregada pelo tempo e espaço. Então nós podemos movê-la sem a limitação do peso ou massa tridimensional. Se pudermos conectar conscientemente com nossa consciência quântica, nós podemos usar a manifestação instantânea de nosso pensamento quântico para teletransportar a matéria para qualquer lugar do Universo – instantaneamente!

Provou-se que nosso “DNA lixo” funciona como pequenos wormholes onde mensagens, e eventualmente matéria, podem ser instantaneamente teletransportadas para qualquer lugar. Em um experimento, amostras de DNA lixo foram postas em frascos e levadas para outra sala. Fotos de emoções de medo foram mostradas para o sujeito, e o DNA na outra sala instantaneamente colapsou e meio que se desfez. Fotos de emoções amorosas então foram mostradas e, instantaneamente, o DNA se recuperou e voltou para seu estado mais vibrante. O Militar Norte-americano, que fez o experimento, então distanciou centenas de milhas os frascos e o DNA ainda respondia instantaneamente. É provável que o “teletransporte” usado em Star Trek seja um exemplo desta forma de telecinese. A matéria é desmontada para o nível quântico, onde ela pode se mover além do tempo e espaço, então reestruturada no local pretendido.

Iluminação
A iluminação ocorre quando entregamos nosso ego para nossa Alma/EU pentadimensional para se tornar UM com o AGORA das dimensões superiores. Apenas um momento 3D dessa União pode nos colocar num Caminho que leva a maior parte de nossa vida para viajar.

Iluminação é o que ocorre quando fazemos o download e a integração de nosso EU Multidimensional em nosso vaso terreno físico. Assim que integramos totalmente nosso EU em nosso eu, nossa consciência expande de Consciência Pessoal para Consciência Coletiva para Consciência Planetária para Consciência Galáctica para Consciência Cósmica. Com cada expansão de nossa consciência nosso sentido de EU aumenta. Nosso “sentido de EU” é definido como: aquele com que nós sentimos um sentido completo de UNIDADE.

Enquanto na Consciência Pessoal, nós pensamos em nosso EU como um ser humano tridimensional que está totalmente consciente do funcionamento de nossa vida mundana. Também estamos cientes de nossa Criança Interior e Ego. Por conseguinte, nós somos capazes de usar nossas percepções expandidas para receber comunicações através de nosso corpo, Criança Interior e, através da prece, com Deus e/ou Santos e Anjos.

Na Consciência Coletiva nós sentimos unidade com toda a humanidade e pensamos em nosso EU como sendo um membro da família de toda a humanidade. Por causa disso, nós podemos usar nossas percepções expandidas para sintonizar na quarta dimensão e comunicar com a massa, a Consciência Coletiva dos humanos na Terra.

Com a consciência Planetária, nós sentimos unidade completa com o nosso planeta, que expande nossa consciência para abranger a quarta dimensão. Com o despertar de nossa consciência multidimensional nós podemos perceber nosso EU como um componente de Gaia, a consciência da Terra. Neste caso, nós usamos nossas percepções expandidas para comunicar diretamente com nossa Mãe Terra e também com TODOS os habitantes dela. Nós também podemos conectar com os Elementais tetradimensionais da terra/gnomos, ar/silfos, água/ondinas e fogo/salamandras.

Com a consciência tetradimensional nós também podemos comunicar com as muitas realidades e seres que ressoam à quarta dimensão. No início, nós podemos somente ser capazes de acreditar que esses Seres maravilhosos e Guias Espirituais até existem. Então, com o passar do tempo, nós percebemos que muitos desses seres são expressões tetradimensionais de nosso próprio EU Multidimensional.

Com a Consciência Galáctica, nós sentimos unidade completa com os muitos planetas, sistemas solares e galáxias que ressoam à quarta e à quinta dimensão. Essa unidade nos permite integrar totalmente nosso EU Multidimensional e expandir nossa consciência para a quinta dimensão e aterrar essa frequência da Luz no corpo de Gaia. Aí, os “ETs” são percebidos como outras expressões da nossa Alma/EU e membros de nossa Família Estelar.

Nós fomos além das limitações da dualidade, tempo, espaço e separação. Nós percebemos nosso corpo físico como o veículo terreno que usamos e mantemos para nos “levar” pelas experiências de ser um membro da Equipe de Ascensão Planetária. Nós percebemos todos os aspectos da realidade física como uma bênção ou uma iniciação para nos lembrar de liberarmos todo medo e vivermos em amor incondicional sempre e para sempre. Desse estado de consciência, nós somos Mestres da Energia e acompanhamos atentamente nossos pensamentos e emoções para que eles não ameacem baixar nossa consciência. Não somos mais vítimas de qualquer pessoa, local, situação ou coisa e assumimos total responsabilidade por todas as manifestações em nossa vida.

Com a Consciência Cósmica, nós podemos ir para a quinta dimensão e acima e também para as realidades quânticas e pensamento quântico. Nós estamos nos preparando para liberar todos os apegos à forma e ver nosso eu como sendo pura consciência. A viagem interdimensional é normal, pois nós interfaceamos com nossa Superalma na sétima dimensão para ajudar nossa Família de Alma a trazer TODAS as nossas expressões do EU para o Lar, para a ressonância da Consciência Multidimensional.

Nós não precisamos mais procurar, pois vivemos na Inteligência Divina, Sabedoria Espiritual e Criatividade Infinita. Nós compartilhamos nosso Ser Iluminado com outras expressões do nosso EU e com todos que procuram nosso conselho. Se ainda mantemos um vaso terreno aterrado (normalmente para participar da ascensão planetária), nós mantemos uma conexão constante ao nosso EU Multidimensional e também com o coração de Gaia. Nós vemos um de nossos serviços como sendo transformadores redutores para aterra a luz de frequência mais alta e a realidade quântica no corpo da Terra. Como esse serviço, nós elevamos a frequência de ressonância do planeta para facilitar a ascensão planetária.

Estamos livres do ego, então não procuramos fama ou reconhecimento e normalmente os vemos como uma distração para o nosso verdadeiro trabalho. Nós andamos no planeta Terra como uma pessoa “normal” que ainda tem que pagar contas, ir trabalhar e alimentar nosso corpo. Nós sabemos que é uma tarefa imensa manter uma forma tridimensional com as frequências expandidas de nossa consciência, mas viver com as muitas dores da realidade física sabendo que “isso também passará”.


Nós SABEMOS que somos imensamente privilegiados para ser um membro desse Momento Cósmico e constantemente se esforçar para manter a conexão com nossa Superalma através de todas as muitas realidades dimensionais até o nosso corpo físico. A maioria de nós tem sofrido grandemente em nosso sacrifício para esquecer nosso EU para servir na criação da Terra pentadimensional e no retorno para ela. Nós sabemos que, visto que a Terra pentadimensional ressoa além do tempo e espaço, “retornar” e “criar” podem acontecer simultaneamente.

Nós procuramos outros do nosso tipo que mantêm seu EU no seu vaso de barro como um serviço planetário e galáctico. Nós ainda ficamos com fome, cansados, irritados, confusos, pobres ou doentes. É o sacrifício máximo que fizemos para aterrar nosso grande EU em Gaia e assistir na ascensão para a quinta dimensão como um planeta inteiro.

Felizmente, mais e mais de nós estamos despertando para o nosso EU Iluminado e percebendo que não temos que FAZER nada.

Somente temos de SER nosso EU!


Fonte: http://suzanneliephd.blogspot.com

Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com.br

Amar seu eu, outros e o seu planeta





Por Suzanne Lie PhD
Em 17 de fevereiro de 2016

O que significa amar?

O amor é um campo de energia, uma ressonância, uma frequência que funciona como uma onda portadora para todas as nossas mensagens para o nosso eu, os outros e para o planeta. O amor é uma linguagem silenciosa.
Todos nós somos familiares com o medo como uma onda portadora e também com a raiva, pois quando entramos na energia, frequência, emoção do medo, nosso cabelo arrepia na nuca, a adrenalina percorre nosso sistema e nós ficamos hipervigilantes para encontrar a fonte. Sentimos o medo como um grito porque ele ativa nossa resposta lutar/fugir e nos põe em alerta.

Por outro lado, o amor é um sussurro, uma brisa fresca suave, uma sensação de paz e de bem-estar. Tudo em nosso corpo nos alerta para o medo e prepara nossos sistemas biológicos para a batalha, mas o que nos prepara para o amor? É compreensível por que nós temos medo do medo, mas por que tantos têm medo do amor?

Na verdade, por que nossa realidade é tão cheia de medo, enquanto que o amor é muito mais raro? A resposta é “sobrevivência”. Em nossa longa estada pelas realidades tridimensionais, nós aprendemos que se não prestássemos atenção ao medo, nossas vidas poderiam estar em perigo. Mas quem quer viver uma vida sem amor? Infelizmente, para muitos o amor é um sentimento, na melhor das hipóteses. Entretanto, isso é porque é o amor humano.

O amor humano é cheio de medo, raiva, dor, julgamento e condições. Tal como os humanos podem ser cheios de medo, o amor humano é cheio de medo. Por outro lado, o amor incondicional não é baseado na humanidade que está presa na matriz tridimensional de medo, separação e limitação. Enquanto que o amor humano, que também pode ser lindo, ressoa à frequência da terceira dimensão, o amor incondicional ressoa à frequência da quinta dimensão e acima.

De fato, o amor incondicional está além da emoção humana. O amor incondicional é uma ressonância de frequências multidimensionais que pode aderir a qualquer pessoa, local, situação ou coisa em qualquer dimensão de todo o Cosmos. O Amor incondicional é um vento suave num dia claro e o sopro de Deus por toda a eternidade. O amor incondicional é a cola que mantém unida toda a vida e a força de cura de toda criação.

Mais importante, o amor incondicional é a linguagem silenciosa que pode ser compartilhada para criar calma, paz, unidade e saber. Ele pode curar qualquer comunicação e resolver qualquer problema. Entretanto, para usar o amor incondicional como uma onda portadora para as nossas comunicações com o nosso eu, com outros e até com nosso planeta, nós precisamos estar conscientes das ondas portadoras que presentemente estamos usando.

Assim que ficamos conscientemente cientes de qual ressonância, frequência, emoção é a onda portadora para nossa comunicação, nós podemos escolher substituir a ressonância mais baixa da onda portadora, tal como raiva, medo, tristeza ou amor condicional por amor incondicional. Além disso, para permitir o amor incondicional entrar em nossa consciência pessoal, primeiro nós precisamos amar o nosso eu – incondicionalmente. Portanto, nós precisamos começar por ouvir a onda portadora que nós usamos quando falamos com o nosso eu.

Fonte: http://suzanneliephd.blogspot.com
Tradução: Blog SINTESE 

UMA CARTA AOS HUMANOS QUE DESPERTAM




O que é um Shaumbra ?
À pedidos a música do vídeo acima é esta:

Somewhere Over The Rainbow
(Em Algum Lugar Além do Arco-Íris)

E assim é, queridos amigos, nós ouvimos sua chamada. Ouvimos suas preces, sentimos sua dor, e conhecemos sua confusão. É por isso que trazemos essa mensagem a você. Ela seguiu seu caminho até você pelo vento. Ela achou seu caminho até você através de seu próprio processo – você pode chamá-la de Internet – através de um amigo que lhe deu isso, ou talvez ao que parece aleatoriamente, mas ouvimos sua chamada, sua prece. Chegamos para responder.

Eu sou Tobias do Círculo Carmesim, uma ordem angélica que está aqui para trabalhar com professores da consciência tanto na Terra quanto em outros reinos. Estou reunido hoje com seres angélicos que vem de um espaço de amor e compaixão para apoiá-lo e amá-lo.

Também trazemos essa mensagem de um grupo de anjos humanos. Eles estão na forma humana agora na Terra, mas são de fato anjos. Eles têm explorado a consciência e o Espírito e Deus por eras. Eles estão fisicamente incorporados nesse momento na Terra. Podem ser seus vizinhos, membros de sua família ou amigos, talvez pessoas que você sequer conheça. Mas eles estão na Terra agora servindo como um novo tipo de professor e como uma guia. Eles vêm explorando os reinos da nova consciência e da Nova Energia e todo o conceito “Eu Sou”, o qual significa Espírito, Deus integrado ao eu na Terra nesse momento.

Reunimos as energias dos anjos, do Espírito e desse grupo na Terra chamado Shaumbra para trazer essa mensagem em resposta ao seu chamado.

Você nesse momento está passando por um processo de despertar e é por isso que você recebeu esta carta. O processo de despertar pode ser muito desafiador, pode ser enganador e pode ser lindo, tudo ao mesmo tempo.

Você sabe que está passando por um processo de despertar espiritual quando você começa a questionar coisas que jamais havia questionado antes, coisas como autoridade e estrutura; quando você começa a questionar por que está aqui na Terra, qual o significado da vida, o que é que deveria estar fazendo agora.

Você sabe que está passando por um processo de despertar quando, nos momentos de quietude, talvez tarde da noite, você chama por Deus sem saber se há mesmo um Deus, pelo menos da velha maneira. Você chama por um ser mais elevado ou por um poder mais elevado em algum lugar lá fora. E você envia uma mensagem totalmente do seu coração, da parte mais verdadeira de seu ser – “Querido Espírito, querido Deus, estou pronto.” Você diz do fundo verdadeiro de seu ser, “Querido Espírito, querido Ser Eterno, quero fazer qualquer coisa mas não sei o quê”.

Você sabe que está passando por um processo de despertar quando todas as velhas crenças não parecem mais ser verdadeiras, e as coisas que você mantinha com tanto afeto agora parecem memórias do passado, coisas do passado. Você sabe que está passando por um processo de despertar quando as coisas que costumavam ser sonhos e objetivos e desejos do eu humano não têm mais importância, mas você não sabe o que importa.

Se você está ouvindo ou lendo isso, ou foi tocado de alguma maneira, estamos aqui para lhe dizer que você não está sozinho. Há seres angélicos em nosso lado que estão aí com você nesse momento – não em um futuro, não em algum lugar do passado que você não lembra bem – mas agora mesmo, nesse momento. E com um simples respirar, com sua simples respiração é aberta a porta para que nós cheguemos perto de você para te amar, e te lembrar de suas origens angélicas, deixando-o saber que temos um imenso amor e compaixão por você. Você não está só.

Com uma simples respiração nesse momento você permite o amor e a compaixão de dezenas de milhares e milhares de humanos nesse momento na Terra, que passaram ou estão passando por um processo similar ao seu – o despertar do Espírito. Eles sabem como é perder todas as coisas que eram queridas. Eles sabem o que é ter seus sistemas de crenças desafiados em todos os níveis. Eles sabem como é quando as coisas do mundo material que eram importantes de repente começam a se dissolver. Eles sabem como é perder um relacionamento, ou pelo menos a ilusão de estar perdendo, de maneira que eles, e agora você pode começar a se relacionar consigo mesmo. Com uma simples respiração você pode se abrir e se permitir não estar mais sozinho.

Sabemos que tem sido difícil e desafiador, e nós sabemos bem que o que vem passando é muito cheio de emoção e, às vezes, muito dramático. Sabemos que você vem tentando descobrir o que é usando sua mente. Você vem usando sistemas, estruturas e métodos e até agora não encontrou as respostas. Você tentou analisar, mas é algo que não pode ser analisado. Pode ser apenas sentido e experimentado.Você passou, muitos de vocês passaram por aconselhamento – seja profissional ou com amigos – e você sabe em seu coração que os métodos e as palavras que eles lhe transmitem não estão verdadeiramente preenchendoesse profundo anseio interno de conhecer-se e de conhecer o Espírito em você.

Sabemos que às vezes você quer apenas desaparecer. Apenas evaporar. Não se trata de morrer, apenas sair da existência. Os desafios, a transformação, as mudanças podem ser demasiadas para o humano, para a mente, para o aspecto de você que tem uma espécie de venda nos olhos, que não vê quem realmente é. Pode ser demasiado e tão duro que você escolhe sair da existência.

Mas os anjos que estão agora aí com você e os anjos humanos de pé junto a você entendem sua jornada. Eles têm algumas mensagens pra você hoje, primeiro e, antes de mais nada é que você não está sozinho. Segundo, que o processo que você está passando é na verdade muito natural. Pode parecer confuso e você pode se sentir perdido, mas o que está fazendo é muito natural. Você está permitindo que a fachada humana e a ilusão de quem pensava ser se desvaneçam. E enquanto se desvanecem, o que você começa a conhecer no nível mais profundo e amoroso é seu ser divino, você se reconhece como Deus também; vê a si mesmo como Espírito; você conhece a si como divino, não mais limitado a uma velha identidade humana, mas entendendo agora que é eterno, que você é grandioso e pode escolher sua própria realidade, até mesmo como viver na Terra agora.

Aqueles de nós reunidos agora a sua volta partilhamos com você que todas as respostas estão internamente. Elas não são encontradas com alguns gurus. Elas não se encontram com algum ser angélico, mas dentro de você. Viver nesse estado de dualidade como você vem fazendo, vivendo com o conceito de luz e escuridão, bom e mau, masculino e feminino, você até caiu num sistema de crença que diz que as respostas estão por aí em algum lugar... De fato elas estão dentro de você. Elas vêm do espaço interior mais verdadeiro e mais precioso, e elas pode ser descobertas no momento de quietude, no momento da respiração, no momento de aceitação de si mesmo.

Partilhamos com você que não há uma meta, não há um propósito, não há algum Deus no céu distante que esteja fazendo você passar por algum labirinto ou por um curso de obstáculos. Mas a realidade é que tudo em sua vida é de sua criação, é sua descoberta da beleza, sua descoberta das profundezas da realidade. Tudo que você está experimentando agora em sua vida é por sua escolha. Não há forças externas ou seres que estejam fazendo você passar por isso. Não há ninguém ditando o destino de sua vida. Você vai descobrir que tudo é por escolha sua.

Talvez uma parte de si mesmo muito profunda tenha desejado ter a experiência de passar pela vida como a conheceu até agora, mas entenda que você é quem a está criando. E quando você entende isso e toma posse de si mesmo, você começa a entender a beleza de sua jornada. Você passa a entender que não está perdido de maneira nenhuma. Você apenas esteve profundamente imerso numa experiência tão cheia de riqueza, mesmo que dolorosa algumas vezes, mas que trouxe um novo significado e uma nova profundidade a sua alma.

Então, nesse dia nesse momento, no despertar de seu eu verdadeiro, é hora de dizer adeus ao seu velho eu humano. Você vem tentando ficar agarrado nele, fazendo reparos e revivendo-o, e agora é o momento de dizer adeus a essa identidade humana, às crenças limitadas, ao velho caminho do carma, a velha progressão de vidas que o mantiveram nessa brincadeira de roda. É hora de dizer adeus a tudo isso.

Parte de você pode sentir tristeza. É uma morte da consciência, não uma morte do corpo físico, mas uma morte da consciência. Mas ao dar adeus ao velho eu, você também libera energias que estavam travadas ou feridas, energias que não lhe servem mais e não lhe serviram por muitas, muitas vidas.

Ao dizer adeus ao seu velho eu humano, você descobre uma nova liberdade. É como tirar um terno ou uma armadura de que não se precisa mais. Ao liberar o velho aspecto do eu, você cria agora espaço dentro de você para a entrada do eu maior, o eu divino, seu eu angélico que vem pacientemente esperando com suas asas fechadas, esperando você terminar de jogar esse maravilhoso jogo ou experiência, esperando você fazer a escolha e convidar a entrar agora nessa realidade seu eu verdadeiro, o eu divino.

Quando você diz adeus ao seu eu humano surgem questões de medo, de morte e de perder o controle. Mas, queridos amigos, todas elas são ilusões. Quando você libera quem achava que você fosse, você dá espaço para ser tudo que você realmente é. Nesse momento há um sentimento em você de que se você liberar vai cair num tipo de abismo escuro e eterno e jamais voltará, jamais será achado, talvez até mesmo fique vagando perdido através das dimensões e universos. Mas esse grupo de anjos nesse momento com você e o grupo de humanos com você, todos eles passaram pela experiência e todos entendem que quando você libera quem pensava ser, quando você confia em si mesmo no mais íntimo, no nível mais bonito, você descobre quem você realmente é.

Essa escolha é sua, é claro. Depende de você.

Mas você nos chamou, rezou, pediu respostas e é por isso que aparecemos hoje.



Gaia

No despertar de seu verdadeiro eu, você também dá adeus a Terra como a conheceu até então. Muitos chamam a Terra de “Gaia”, a terra, a água, o céu. Gaia é um espírito que cuidou da Terra, que vem alimentando a Terra, todos seus elementos, todos seus animais e todas as suas florestas desde o início dos tempos da Terra. No seu despertar e liberação e no adeus a Gaia, você entende que não é responsabilidade de outro espírito cuidar da Terra. É sua responsabilidade ser parte dela, Terra.

O espírito Gaia aos poucos, lentamente está partindo de maneira que você, todos os outros humanos tomem a si a responsabilidade pela água que você bebe, pela terra por onde caminha, pelo céu que vê com seus olhos, por toda a vida vegetal e animal. Que experiência linda e abençoada é agradecer Gaia por tudo que ela fez, dar adeus a ela e agora aceitar para si mesmo a responsabilidade pelo planeta.

No despertar por que passa agora, é também tempo de dar adeus a consciência humana como a conheceu. Você jamais será o mesmo novamente. Recentemente a Terra entrou numa nova era e numa nova esfera. Nós chamamos a nova consciência ou a Nova Energia. Nessa nova consciência todas as coisas mudam. A Terra, a consciência humana e os humanos estão evoluindo nesse momento. A mudança que você vê fora de você pode parecer caótica. Pode parecer que as coisas estão se desenrolando, tudo caindo em pedaços. Pode parecer que há carência de bens essenciais. Pode parecer que as coisas estão constantemente no limite.

É hora de liberar isso também porque a humanidade está passando por um incrível processo de transformação. Está passando por importantes mudanças e, o que parece ser falta de combustível e petróleo, é mais novos desenvolvimentos em tecnologia e novas fontes de energia. Ao invés do velho combustível fóssil, a descoberta de novo combustível. O que parecer ser carência de alimentos é realmente sobre olhar como cuidar da biologia de uma nova maneira, como alimentá-la de uma nova maneira, como criar as plantações de uma maneira nova, natural e eficiente.

Mudanças nos governos, mudanças na política tudo é parte do processo. É fácil ficar com medo e se preocupar sobre o que vai acontecer ao mundo nesse momento, mas esse grupo de anjos e esse grupo de humanos, eles sabem que é apenas evolução. Eles sabem que a mudança pode parecer caótica, mas a lei natural da evolução e da expansão está em andamento nesse instante, e você está participando dela.

Trata-se de dizer adeus ao mundo como você o conheceu mesmo em termos de finança, prosperidade e riqueza. Por, ah ...Tantos e tantos anos na Terra a riqueza, o poder, o dinheiro foram centralizados em tão poucos lugares e mantidos por tão poucas pessoas ou consolidados em tão poucos países. Na nova consciência esse desequilíbrio não funciona mais. Então a riqueza, mesmo o equilíbrio do que vocês chamariam poder, é redistribuída. Isso não significa que alguém ganha menos, significa apenas que os que estão atrás agora se nivelam.

O mundo não está se acabando, o mundo está evoluindo.
O mundo está redistribuindo.
O mundo está se tornando mais equilibrado e justo.

No processo de despertar as coisas podem parecer obscuras. As coisas podem parecer ser do mal. As coisas podem parecer muito confusas, mas estamos aqui para lhe dizer que é apenas evolução. O mundo vai continuar. A Nova Energia vai entrar. O novo entendimento da ciência e da matemática, o entendimento na tecnologia e na educação, tudo está chegando agora mesmo.

O processo de despertar pode ser solitário porque se trata da redescoberta de quem você é sem ter os outros para te dizer isso, sem ter o sistema de crenças dos outros para dar forma e criar sua vida. Sabemos que você vem passando por uma parte de sua vida muito triste, muito obscura e solitária, sentindo-se muito perdido e confuso, como se ninguém o ouvisse. Mas esses seres angélicos e esses seres humanos querem que saiba que nós o ouvimos. Sabemos quem você é. Sabemos o que vem passando. E queremos que você saiba que jamais está sozinho.

Seu processo de despertar vai continuar a se revelar e nesse processo você vai ver toda a sua beleza. Você vai ver como você enquanto um ser divino na verdade planejou tudo para si mesmo. Você vai ver o medo ir embora. Vai ver as ilusões da dualidade partirem e serem substituídas pelo conhecimento da unidade.

Trazemos a você hoje essa mensagem dos anjos, dos humanos e todos os que estão passando pelo processo de despertar, mensagem de que você jamais está sozinho.


E assim é"
De Tobias
em 08/06/2008
Por : Geoffrey Hoppe


Fonte : Círculo Carmesin
Tradução para o Português: Sonia Gentil

Publicação : Novas Energias
Postagem : Mostradores da Luz

MUDANÇA NA FAIXA DE FREQUÊNCIA VIBRACIONAL





ESTAMOS EM CIMA DA CRISTA DA ONDA DO AMPLO RENASCIMENTO CÓSMICO - O RENASCIMENTO DA MÃE TERRA.


O Renascimento surge após a morte; a dissolução do velho e, portanto, o re-nascimento surge na sequência do que foi anteriormente, mas agora rejuvenescido, em corpo e forma. Está revitalizado, reativado.


Nada pode ser mais como antes - isso agora já está redundante.


Tem que ser a ressurreição para uma forma de Luz-encarnada maior e, desta forma, se move em uma faixa de freqüência vibracional muito maior.


Assim como a Terra está renascendo - assim estamos nós.


Então, muitas pessoas resistem ao processo de renascimento, recusando-se a deixar de ir o velho: o velho pensamento, sentimento, se pendurando nas velhas mágoas, nas dores, rancores, e tudo o mais. Quanto mais a pessoa tende a se pendurar em toda a bagagem emocional, se mantém prisioneiro no mundo 3D. Por esse motivo, essa pessoa agora passa a se tornar uma prisioneira de suas próprias ilusões, na sua própria prisão, e permanecendo assim não se pode ver os portais abertos, e as oportunidades que o renascimento traz.


Outros ficam presos na mente. Eles querem racionalizar a mudança e, em seguida, minimalizam ao ponto de caber na sua compreensão muito limitada da física do renascimento de campos de energia e nas próprias energias. Nesse processo, alguém que esteja procurando evidências sólidas na solidez, nesse tempo é prisioneiro de sua própria mente. A mente não pode se esticar tão longe até o infinito sozinha, se confundirá, e assim que for esticada - por esse motivo, em algum ponto a mente entrará em curto-circuito.


Assim, grande parte da ciência e o que ela acredita, está sendo esticada, da mesma forma, os velhos livros e as velhas estruturas e tudo o mais que foram motivos dos seus fundamentos, estão rachando no seu núcleo. As fundações estão se formando, assim como os tremores de terra da origem consciência, e com ela os livros e os velhos pensamentos distorcidos vão dar lugar a nova forma, expandindo o conhecimento.


O conhecimento e a consciência andam de mãos dadas. Quando alguém se torna consciente das formas das dimensões, das oitavas de frequências e das vibrações, das oitavas de sons, e das oitavas de existência, a sua alma pode se esticar até o infinito - mas também é onde o cérebro dá curto-circuito.


"É com o coração que se pode ver claramente. O que é essencial é invisível aos olhos ". (Antoine de Saint-Exupery)


Estamos sendo trazidos de volta para o coração e para a alma - a alma dentro de nós, dentro da Mãe Terra, dentro do cosmos, onde todos nós somos parte e partícula de um vastos campo da matriz energética, que é formada a partir da alma, dos grupos de alma, e os sobre-grupos de alma, da mais alta classificação dos 12 e dos 24 Anciãos que cercam o Trono de Deus (a Divindade, que incorpora, em igual medida, tanto a Divindade do macho bem como da fêmea).


A alma tem uma infinita sabedoria, conhecimento, amor, luz. Ela pode tocar o imenso conhecimento, a sabedoria, o amor e a luz e tudo o mais do grupo de alma.


O grupo de alma por sua vez está cosmicamente e inteiramente ligado entre si e faz parte de um campo de energia imensa que constitui o campo de energia da Super consciência, e dentro deste campo todo o conhecimento e tecnologia, a sabedoria, e a própria essência do misticismo, é realizada nos 12 Sóis Centrais e nos 24 Sóis menores.


Cada Sol Central é especializado em um determinado campo de energia cósmica, onde todas as ciências, a tecnologia, o conhecimento e tudo o mais é realizado. Isso incorpora a tudo que foi muito bem criado por Deus e, portanto, existe um todo único.



Nós, como seres humanos tínhamos acesso a tudo isso na primeira civilização por toda a Terra, isso foi a bilhões de anos. Eu escrevo sobre tudo isso em detalhe no meu livro "Por que eu nasci na África" ​​(“Why I was born in Africa” em edição), mas eu só quero tocar aqui no fato de que nós tivemos todo esse conhecimento, e isso foi lembrado tal como a Árvore da Vida .




No entanto, com a imensa queda da humanidade a partir do 7º estado dimensional, caindo para o 3º, quando Atlântida sucumbiu, os véus da amnésia desceram e a humanidade desmoronou até a uma consciência mais baixa do que a de um animal - até mais abaixo ainda. Em uma densidade tão baixa e lenta, onde os campos de energia vibram a uma taxa muito baixa e, portanto, não se pode tocar em bandas de frequências mais altas quando se está preso na 3D. Onde se deseja que todas as coisas sejam sólidas e que se pode sentir, ver, tocar e onde é o final de tudo e de todas as realidades do ser.



No entanto, no estado dimensional mais elevado, tudo está menos denso. As células são preenchidas com mais frequências do corpo de luz, e, portanto, o corpo passa a vibrar em uma velocidade muito mais elevada.


Quanto mais nos tornamos evoluídos, ficamos menos conectados a forma física, o físico é apenas um componente de Deus manifestando em uma forma. Quanto mais evoluído mais se pode assumir formas livremente. Podemos nos transformar em qualquer forma que desejamos. O corpo físico é apenas uma frequência da luz e, por isso, pode-se projetar auto formas holográficas, e nos fazer visíveis ou invisíveis à vontade.


Estamos tão atrasados ​​cosmicamente, que a maioria das pessoas não serão capazes de conceber em suas mentes esse discernimento.


As imensas naves da frota Intergaláctica usam os mesmos princípios. Eles podem literalmente teletransportar suas naves a quaisquer postos avançados do cosmos em um instante, apenas usando as faixas de frequência de vibração corretas e, em seguida, projetar-se para onde eles precisam estar em um instante, se necessário.


Com a mesma habilidade se teletransportam para qualquer lugar que se deseja em um instante. Não é necessário viajar fisicamente de A à Z em uma nave. Pode-se, literalmente, teletransportar-se para onde se deseja, dentro dos sistemas solares, dentro das galáxias.


A verdadeira arte de Existência, está na capacidade da alma se elevar repousando apenas no aqui e agora. Ela pode existir simultaneamente em suas outras formas de alma e de expressões, em vários níveis ao longo das galáxias e dos sistemas estelares. Agora, isso é algo maravilhoso do por quê a alma foi criada.


Ai passo que, aqui no planeta Terra, nós pensamos que o corpo físico é o fim de tudo e é-tudo em toda a existência. Isso é ilusão. O corpo físico é apenas um veículo utilizado para uma piscadela (um flash) na eternidade e, portanto, pode ser descartado à vontade.


A alma não precisa de uma forma física para existir.


Há tanta coisa que temos que começar a lembrar e a dominar.


Quando começamos a relembrar, começamos re-masterização através da alma.


Não pode haver outro modo.


A alma está diretamente ligada ao coração. O coração sente com o Olho Que Tudo Vê, quando ligado à parte superior olho que tudo vê e o olho interior do que tudo vê cápta dentro da cabeça. Portanto, há três olhos, que funcionam como um único olho. Todos estes, em seguida, estão ligados ao coração e a mente e quando todos são ativados começamos a ver cosmicamente.


O olho que tudo vê combina com todos os dispositivos-auditivos dos ouvidos.


Ele, por sua vez combina com o paladar que tudo-vê, e ao elixir da vida imortal de toda-existência.


Desta forma o Mestre finalmente conseguiu usar todos eles.


As maiores lições de mestria estão diante de nós agora, na medida em que as ondas sobre ondas de mudanças de consciência estão sobre nós.


A Terra será renascida em faixas de frequências mais altas, e se não formos capazes de nos mover com ela para estas bandas de frequências mais altas, nos desintegraremos em algum nível e temos que ir para outro lugar do cosmos, para um mesmo nível do que estamos sintonizados - se vibração for demasiadamente baixa.


Minhas leituras de Alma e de Leitura da Chama Gêmea tem ajudado tantas almas para o despertar da sua própria alma e os seus talentos, dons, propósitos e maior vocação.


Meus 7 seminários na França, em Agosto e Setembro vai despertar imensamente as ativações vibracionais poderosas, as chaves e os códigos.




Por : Judith Kusel


Veja também:


http://www.judithkusel.wordpress.com


http://www.judithkusel2.twitter.com


Canal Youtube: Judith Kusel


Crédito da foto: Ellen Vaman



Tradução : Sônia L. Pereira


Postagem : Mostradores da Luz

ASCENSÃO PLANETÁRIA - O QUE É ?


 Série I : CINTURÃO DE FÓTONS, 2012 E AS PLÊIADES



Nota Cura e Ascensão: Note na figura acima onde está assinalado a circunferência em vermelho representa os anos de escuridão em que o Planeta Terra está orbitando. Em 21 de dezembro de 2012 a terra já estará completamente no cinturão de fótons, dando inicio a uma nova Era de Luz. Temos então, um pouco mais de um ano para a transmutação e purificação e ativação do nosso corpo de luz para estar na frequência do Cinturão de Fótons.

O nosso Sol é a oitava estrela da Constelação das PLEIÂDES(Também conhecida como Aglomerado Estelar M-45) - localizada a aproximadamente 28 graus da constelação de Touro - e leva 25.920 anos para completar uma órbita ao redor de Alcyone, o Sol Central local do nosso Sistema Solar que fica nas Plêiades, movimento terrestre também conhecido como Precessão dos Equinócios (mudança do começo das estações a cada 2.160 anos, a partir de 2.013 a PRIMAVERA começa em 21 de AGOSTO para nós do hemisfério sul) .

A divisão desta órbita por doze resulta em 2.160 anos, tempo de duração de cada era "astronômica" (Era de Peixes se iniciou em 148 a.C., a de Áries 2.308 a.C., etc.).

Descobriu-se também que Alcyone , o Sol Central das Plêiades, tem à sua volta um gigantesco anel, ou disco de radiação, cuja fonte é o SOL (a divindade criadora do nosso universo local) CENTRAL da nossa própria galáxia, em posição transversal ao plano das órbitas de seus sistemas (incluindo o nosso), que foi chamado de Cinturão de Fótons. Um fóton consiste na decomposição ou divisão do elétron, sendo a mais ínfima partícula de energia eletromagnética, algo de que ainda temos pouco conhecimento científico na Terra.

O nosso sistema solar orbita o Sol Central das Plêiades, Alcyone (estrela maior e mais brilhante na foto) dando uma volta completa (um ANO SOLAR) a cada 25.920 anos, sendo que a data de 21 de dezembro de 2012, FINAL do Calendário MAIA marca o final de um desses anos solares.

Em astronomia também é conhecida como o Aglomerado estelar aberto M-45, as Sete Irmãs, a Constelação das Plêiades, com os sóis / estrelas principais de Alcyone, Maia, Electra, Taygeta, Atlas, Pleyone, Celaeno, Asterope e Merope.


Detectado pela primeira vez em 1961, através de satélites, a descoberta do cinturão de fótons marcam início de uma expansão de consciência para a parcela da humanidade em evolução, para além da terceira dimensão.

A ida do homem à Lua nos anos 60 simbolizou o início desta expansão, já que antes das viagens interplanetárias era impossível perceber o cinturão.

A cada dez mil anos o Sistema Solar penetra por 2.160 anos no anel de fótons, ficando exposto à energia de Alcyone, carregada pela energia do sol central da galáxia..

A última vez que a Terra passou por ele foi durante a "Era de Leão", há cerca de doze mil anos. Na Era de Aquário, que está se iniciando, ficaremos outros 2.160 anos dentro deste disco de radiação.

Então todas as moléculas e átomos de nosso planeta passam por uma transformação sob a influência dos fótons, precisando se readaptar a novos parâmetros. A excitação molecular cria um tipo de luz constante, permanente, que não é quente, uma luz sem temperatura, que não produz sombra ou escuridão.

Talvez por isso os hinduístas chamem de "Era da Luz" os tempos que estão por vir.

Desde Agosto de 1987, o Sistema Solar vem entrando gradativamente no cinturão de fótons e a partir de 1998 a sua metade já estará dentro dele, movimento que se completa em 21 de dezembro de 2012, quando então todo o sistema solar estará imerso no Cinturão de Fótons (Luz) durante os próximos 2.160 anos, dando inicio a uma nova Era de Luz.

A Terra começou a penetrá-lo em 1987 e está gradativamente avançando, até 2.012, quando vai estar totalmente imersa em sua luz e sob o efeito de sua enorme energia.

De acordo com a cosmologia maia e azteca e de outras culturas milenares, 2.012 também é o final de um ciclo de 104 mil anos, composto de quatro grandes ciclos maias e de quatro grandes eras astecas e também é um final de ciclo de 224 milhões de anos, em que toda a Galáxia em que residimos dá uma volta completa sobre seu próprio eixo, quando completa UM ANO GALÁCTICO.

O ano de 2012 encerra vários ciclos dentro de ciclos maiores, dentro de outros ciclos maiores, etc . . .

A ESPIRAL DE ALCYONE

Humbatz Men, autor indígena e um grande Xamã de origem maia, fala em "Los Calendários" sobre a vindoura "Idade da Luz".

Bárbara Marciniak, autora de "Mensageiros do Amanhecer", da editora Ground and "Earth", da The Bear and Company e a astróloga Bárbara Hand Clow, que escreveu "A Agenda Pleiadiana", da editora Madras, receberam várias canalizações de seres das Plêiades a respeito dessa nova era que se inicia em nosso sistema solar com grandes mudanças ocorrendo em nosso planeta.

Essas revelações falam sobre as transformações que estão ocorrendo em nosso planeta e nas preparações tanto física quanto psíquicas que precisamos nos submeter para realizarmos uma mudança dimensional.

Segundo as canalizações, as respostas sobre a vida e a morte não estão mais sendo encontradas na terceira dimensão. Um novo campo de percepção está disponível para aqueles que aprenderem a ver as coisas além do mundo da forma.

Desde o final da década de oitenta, na verdade DESDE AGOSTO DE 1987 quando a Terra começou a entrar no Cinturão de Fótons, estamos nos sintonizando com outras dimensões e nos preparando no nível de nossas almas para receber a radiação de Alcyone, estrela de quinta dimensão.

Zona arquetípica de sentimentos e sonhos, onde é possível o contato com planos mais elevados, a quarta dimensão é atemporal, emocional e não física.

As idéias nela geradas influenciam e detonam os acontecimentos na terceira dimensão, plano da materialização, plano em que vivemos nos últimos 2.160 anos, durante a era de Peixes, que teve início em 148 a.C. e que termina em 21 de dezembro de 2012.

Segundo as mensagens recebidas das Plêiades, a esfera da quarta dimensão é regida pelas energias planetárias de nosso sistema solar, daí um trânsito de Marte, por exemplo, causar sentimentos de poder e ira.

Para realizar esta transição entre diferentes níveis dimensionais é necessária a expansão de nossa consciência, enquanto indivíduos e a nível coletivo, é preciso fazer uma limpeza, tanto no corpo físico como no emocional, e transmutar os elementais e miasmas da segunda dimensão agregados, em nossos corpos inferiores.

Responsáveis pelas doenças em nosso organismo, os miasmas são compostos de energias astrais que carregam memórias genéticas e de vidas passadas, memórias de doenças que ficaram incrustadas e impregnadas devido a antibióticos, poluição, drogas, química ou radioatividade, sentimentos negativos como ódio, luxúria, orgulho, raiva, rancor, etc.

Foto da galáxia de Andrômeda, nossa vizinha mais próxima e muito semelhante à Via Láctea, a nossa galáxia.

O que mantém estes sistemas gigantes em coesão é a imensa energia (luz) que é irradiada do Sol Central (a divindade criadora de todo o sistema) visível no centro do gigantesco corpo galáctico de cerca de 400 bilhões de sóis / estrelas !.

Segundo as canalizações, esses miasmas estão sendo intensamente purificados pelo Cinturão de Fótons.

Os pensamentos negativos e os estados de turbulência emocional, como o da raiva, também geram miasmas, que provocam bloqueios energéticos em nosso organismo. Trabalhar o corpo emocional através de diversos métodos terapêuticos - psicológicos astrológicos ou corporais - ajuda a liberar as energias bloqueadas.

As conexões interdimensionais são feitas através de ressonância simpática e para sobrevivermos na radiação fotônica temos que nos afinar com um novo campo vibratório que é o cinturão de fótons.

Ter uma alimentação natural isenta de elementos químicos, viver junto à natureza, longe da poluição dos grande centros urbanos e da radioatividade, liberar as emoções bloqueadas e reprimidas, contribuem para uma transição mais pacífica.

Ter boas intenções é essencial, assim como estar em estado de alerta para perceber as sincronicidades que se apresentam e captar os sinais vindos de outras esferas.

Segundo a Agenda Pleiadiana, de Bárbara Hand Clow, o Cinturão de Fótons emana do Sol Central da Galáxia via Alcyone, o Sol Central das Plêiades, que se localiza eternamente dentro do Cinturão de Fótons, ativando sua luz espiralada por todo o quadrante de nossa galáxia ao qual o nosso sistema solar pertence.

MAS AFINAL, E NÓS NISSO TUDO ?

Nós somos os que podem se beneficiar mais com tudo isto.

Todos nós, os seres encarnados na Terra estão passando por um processo de iniciação coletiva e como almas nós escolhemos estar aqui nessa difícil época de transição de nosso planeta, para aproveitarmos essa excepcional oportunidade de evolução que reverberará por todo o Universo.

Os fótons funcionam como purificadores da Alma da raça humana e através de suas partículas de luz, às quais estamos cada vez mais expostos, dentro em breve estaremos imersos nesta "Era de Luz", depois de 11 mil anos dentro da Noite Galáctica ou Idade das Trevas, como os hindus se referiam a atual era do Kali Yuga, a idade do ferro.

Como um sistema de reciclagem do Universo, o Cinturão de Fótons inicia a Era da Luz, finalizando um ciclo planetário de 432.000 anos conhecido como a Idade do Ferro (Kali Yuga) na cultura dos Vedas hindus.

Cada partícula vai se alojando em todos os cantinhos de nosso planeta trazendo a consciência (Luz), a Verdade, a Integridade e o Amor Mútuo e incondicional pela vida.

Cada um de nós tem um trabalho individual interior para desenvolver que após ser realizado definirá sua posição no trabalho de conscientização da humanidade.

As almas cujos corpos não refinarem suas energias não conseguirão ficar encarnadas dentro da terceira dimensão, pois estamos indo para a quinta dimensão e enquanto a quarta dimensão estiver sendo atravessada o processo de limpeza individual e coletivo será muitíssimo acelerado para então ser completado.

Este período é o que todos os profetas de todas as religiões viram acontecer, nesse final de ciclo disponível para toda a humanidade.

HAVERÁ A SEPARAÇÃO DO JOIO E DO TRIGO DURANTE ESSE PROCESSO DE LIMPEZA.

As almas que não conseguirem “superar-se a si mesmas” serão retiradas do planeta para recomeçarem sua história em outras esferas planetárias cujo nível de consciência esteja de acordo com a consciência desses indivíduos.

E todos nós redescobriremos a nossa multidimensionalidade e ativaremos nossas capacidades adormecidas enquanto estávamos mergulhados dentro da Noite Galáctica.

A inteligência (através daqueles que evoluírem para o novo patamar de consciência) desse momento evolutivo da Terra será catalisada para toda a Via Láctea.

Todos estes acontecimentos foram registrados no Grande Calendário Maia, que tem 25.920 anos de duração e termina no solstício de verão, no dia 21 de dezembro de 2012 d.C., que marca a entrada definitiva da Terra dentro do Cinturão de Fótons pelos próximos 2.160 anos, será uma nova era profetizada há muito tempo e conhecida como a nova “Idade de Ouro”.

DEZEMBRO DE 2012: NASCE UMA NOVA ERA DE LUZ . . .

Consciência é Luz, Luz é Informação, ignorância é escuridão.

Na atualidade desvelam-se histórias e acumulam-se testemunhos que apontam os tempos de hoje como apocalípticos, isto é como tempos de revelação divina de coisas que até agora permaneciam secretamente afetos a profetas escolhidos e que escolheram estar com Deus.

Hoje a aproximação das realidades Superiores constitui uma possibilidade para a nossa própria consciência e está ao alcance de todos QUE ASSIM O DESEJAREM.

Foram idéias desafiadoras como as descritas anteriormente que me colocaram no trilho da descoberta de realidades que me fizeram viajar por novos conceitos e percepções, entre os quais, o cinturão de fótons.

O cinturão de fótons trouxe-me a chave de múltiplas e fascinantes revelações uma vez que para discernir sobre o cinturão de Fótons foi preciso discorrer, entre muitos outros mistérios, sobre a espiral de Alcyone, as Plêiades, os Maias e o calendário Maia.

- O QUE SÃO AS PlÊIADES ?- O QUE É ALCYONE ?- QUEM SÃO OS MAIAS ?- DE ONDE VÊM OS MAIAS ?- O QUE É O CINTURÃO DE FÓTONS ?- QUAL O SEU IMPACTO NAS NOSSAS VIDAS ?

Estas perguntas impuseram respostas e á medida que as encontrava presenciava escancaradas múltiplas e enigmáticas janelas da consciência.

As portas do conhecimento franqueavam-me a entrada mas legavam-me a tarefa árdua da responsabilidade de discernir. Por isso na procura da partilha da síntese desta colheita poderei apenas desenhar um vislumbre de aproximação.

Tudo começou quando mergulhei na aventura da descoberta da terra do nunca e daquilo que jamais poderá ser dito ou explicado na expectativa de trazer um pouco desse céu á terra.

E foi assim que o sonho ou o fim do sono começou: Deitado de costas na relva, totalmente entregue a contemplação da beleza dum céu estrelado intuí a terra como um ínfimo pontinho da galáxia onde é possível pressentir a infinitude do universo:

- Afinal o nosso querido e amado Sol, apesar de único, é uma entre bilhões de outras estrelas de todo o Cosmos !
- Como é possível pensar-se o homem como centro do mundo ?
Talvez do nosso? Talvez nem isso?
Foram pensamentos tão simples quantos estes que me impulsionaram a auscultar uma visão cosmológico-expeculativa:

- O NOSSO SOL, A OITAVA ESTRELA DE UMA ESPIRAL QUE TEM INÍCIO EM ALCYONE, NAS PLÊIADES- ALCYONE A ESTRELA CENTRAL DAS PLÊIADES ! A PROGENITORA DE UMA DAS INÚMERAS ESPIRAIS ESTELARES DA VIA LÁCTEA !

As Plêiades são um grupo de estrelas na constelação de Touro.

São visíveis no hemisfério Norte e Sul e consistem em várias estrelas brilhantes e quentes que foram formadas ao mesmo tempo dentro de uma grande nuvem de gás e poeira interestelar.

São ainda conhecidas como Aglomerado Estelar M45 e como “Subaru" no Japão e eram sagradas e conhecidas por todas as culturas antigas do planeta, até pelos índios do Brasil, os Tupinambás que às chamavam de Seichu.

Na mitologia Grega as Plêiades eram identificadas como as filhas de Atlas que cansadas de serem perseguidas pelo caçador Órion, pediram a Júpiter para transformá-las numa constelação.

O QUE É O CINTURÃO DE FÓTONS ?

O Cinturão de Fótons é um fenômeno astronômico. Percebido pela primeira vez em 1961, detectado através de satélites. A descoberta do Cinturão de Fótons marca o início da expansão da consciência além da terceira dimensão.

A ida do homem à Lua nos anos sessenta simbolizou esta expansão, já que antes das viagens interplanetárias era impossível perceber o Cinturão. Sabia-se até então que a Terra move-se à volta do Sol com os outros planetas e luas, que estão todos a girar.

Sabe-se agora que cada planeta tem quatro movimentos:

1. o de rotação - em torno do próprio eixo
2. o de translação - em torno do sol
3. o de alinhamento do seu eixo com o eixo do sol (de preferência tornando-se perfeitamente paralelo)
4. o movimento cíclico de aproximação e de afastamento do núcleo da galáxia - neste último caso, o planeta simplesmente acompanha o movimento conjunto de todo o sistema solar que, de tempos em tempos, se acerca do seu Sol Central do seu local na galáxia - Alcyone.


Se considerarmos somente o plano da elíptica, os três primeiros movimentos são percebidos.


Se expandirmos a nossa mente para uma consciência galáctica, surge a compreensão desse movimento em espiral (ascensão) em direção a Alcyone.


Assim teremos consciência de que:


a) O sistema solar gira na espiral de Alcione, a estrela central da constelação das Plêiades. Um giro completo de todo o nosso sistema solar leva 25.920 anos.
b) As Plêiades giram em espiral dentro da galáxia da Via Láctea ao redor do Grande Sol Central da própria Galáxia .
c) A Galáxia gira em seu próprio eixo.


Acima: ANAHATA o quarto Chakra, no coração, a sede e local de residência da alma dentro do corpo humano, um Fóton de Luz que emana do criador e que esta alojado em uma câmara no interior de nosso coração físico: o nosso ser real.


O Cinturão de Fótons no esquema destacado como banda de fótons é então o nome dado a um gigantesco anel de radiação que fica à volta de Alcyone e do qual é a fonte, localizado na Constelação das Plêiades, cuja origem vem do sol central da galáxia, em torno do qual orbitam o nosso sistema solar e todos os planetas que o acompanham.


Este movimento do nosso sistema solar em sentido anti-horário ao redor de Alcyone, é um fenômeno cíclico e a cada onze mil anos o Sistema Solar penetra por 2.160 anos no anel de fótons, ficando mais próximo de Alcyone.


Na Era de Aquário, que está a iniciar-se a partir de 22 de dezembro de 2012, ficaremos outros 2.160 anos dentro deste disco de radiação.


ASSIM:


Para cada órbita completa em torno de Alcyone, o nosso sol, a lua e os planetas atuais mergulham por duas vezes nesse anel de micro partículas de radiação de Fótons ( luz ), uma vez para o norte e uma vez para o sul.


(25.920 Anos) Durante esse período o nosso sistema solar passa onze mil anos na escuridão (noite galáctica) por 2.160 anos de Luz (= cinturão de fótons = informação de luz dimensões superiores = Era de luz.)


QUAL A DIFERENÇA ENTRE VIAJAR NA NOITE GALÁCTICA E NO CINTURÃO DE FÓTONS?


Os corpos que viajam no cinturão de fótons tornam-se menos densos, mais multidimensionais, são menos matéria e mais energia. A aquisição da luz limpa os corpos emocionais e intensifica as vibrações do corpo físico. Os sentimentos nesse estado de vibração são impulsos de amor incondicional e não de emoções, o que leva a que todos os seres permaneçam dentro do seu centro. São de quinta dimensão.


Já pelo contrário, na noite Galáctica os corpos tornam-se mais densos, materiais e emocionais o que gera experiências com base no carma e por isso em sentimentos duais e emocionalmente complexos.


É de terceira dimensão tentar materializar idéias e sentimentos dos arquetípicos da quarta.


Agora conforme o previsto no calendário maia estamos saindo da noite galáctica.


Por isso quem acompanhar o processo vai ficar com corpos cada vez menos densos porque impulsionados pela crescente luz fotônica (transmutação e dissipação de miasmas e sistemas de crenças dos corpos emocionais).


Fóton é um quantum de energia (a menor partícula de energia eletromagnética com massa Zero - sem carga elétrica e com uma vida indefinidamente longa)


CHEGOU O MOMENTO DE CURARMOS A NÓS MESMOS E O PLANETA TERRA.


Terra começou a entrar no cinturão de fótons no equinócio da primavera de 1987 e cada ano avançará cada vez mais até o seu caminho orbital ficar totalmente envolvido por essa grande onda de luz no solstício de verão de 2012.


Por fim todo o sistema solar ficará dentro do cinturão de fótons durante os 2.160 anos seguintes.


No final do calendário Maia em 2012 d.C. Alcyone, Maia , o sistema solar incluindo o planeta Terra irão unir-se no cinturão de fótons e isso irá sincronizar a humanidade com o centro galáctico (o gigantesco sol central da galáxia) e aí um renascimento vai acontecer.


Um encontro sagrado. Uma expansão de consciência humana iluminada na galáxia . . .


No solstício de verão de 2012, qualquer inteligência biológica da Terra que possa ressoar com essa vibração será disseminada por toda a galáxia.


As dimensões que não conseguirem manter o tom galáctico não terão como permanecer no cinturão.


Entre a primavera do ano 1987 ao solstício de verão do ano 2012 viveremos momentos de oportunidades próprias da preparação para a transição planetária. A transição planetária é um período oportuno e auspicioso para a evolução física, mental e espiritual de todos aqueles que estiverem devidamente se preparando para esta passagem, mas poderá ser extremamente destrutivopara todos os que não se sintonizarem (a maioria da humanidade) com a energia de uma consciência mais ampla.


Este fenômeno ocorre duas vezes durante o Ano Solar de 25.920 anos terrestres.


Transformações profundas são esperadas e já podem ser observadas acontecendo tanto espiritual, emocional, psíquica, política, econômica e socialmente, quanto física e ecologicamente por todo o planeta.


SINTETIZANDO: ONDE ESTAMOS ?


1º Estamos finalizando um ciclo de 25.920 anos de evolução da humanidade.


2º Estamos a sintetizar a aprendizagem do que experimentamos durante a última noite galáctica (11 mil anos).


3º Estamos sendo impulsionados para um novo estágio de evolução e para definir a intenção daquilo que desejamos criar e ser nos próximos 2.160 anos.


4º Estamos a explorar a nossa identidade galáctica / divina como uma nova e mais abrangente maneira de pensar.


5º Estamos começando a dirigir o nosso foco perceptivo para um novo centro - O sol central do centro da via láctea e isto nos permite encontrar um novo estágio evolutivo. Estamos a um passo de uma nova Era de Luz e de voltarmos a viver no Agora, no momento presente onde o tempo não existe.


Agora é o momento de ESCOLHER o que queremos ser:


Tornar-nos Donos Dos Nossos Sentimentos e destinos ou continuar a sermos conduzidos à mercê de dramas infindáveis de controle e medo no tempo.


Em breve haverá uma nova Terra para uma nova Humanidade. Voltemos a ser crianças . . .


A ESCOLHA É AGORA, HOJE:




- Agora podemos reivindicar a simplicidade, pureza e autenticidade dos nossos sentimentos.


- Agora necessário se torna saber o que sentimos e como sentimos a origem dos nossos pensamentos e conhecer os mecanismos da nossa percepção para não continuarmos a sermos empurrados de um lado para o outro e esmagados contra os rochedos do medo e da ilusão em um mundo absolutamente controlado por seres com grande poder brincando de "deuses".


- Agora é tempo de compreender que os dilemas que nos dividem e dilaceram são de natureza perceptiva e que a nossa percepção tem vindo a ser manipulada por limitações que nos foram impostas e que aceitamos de bom grado durante os últimos milênios.


- Agora é tempo de desafiarmos as forças que têm controlado a nossa realidade nos transformando em atores ativos e atuando com a equipe dos administradores do mundo da Luz;


- Agora é tempo de desafiarmos os nossos sistemas interiores de crenças em relação ás imagens que nos passaram dos falsos deuses.


- Agora é tempo de recuperar a coragem e a memória, subir ao palco, cortar os véus, remover as máscaras e representar de acordo com o nosso próprio guia interior, a nossa própria divindade.


- Agora é tempo de deixar de procurar respostas, Agora é o tempo de "Sermos a nossa própria resposta".


- Agora é tempo de ver a face do Criador (que sempre esteve DENTRO DE NÓS).


Isto dá no que pensar!


Mas mais do que pensar importa Sentir.
Sentir antes de pensar primeiro.






Por Freidrich Wilhelm Bessel, Paul Otto Hesse, José Comas Solá e Edmund Halley, depois de estudos e cálculos sobre o cinturão de fótons.




©2015 Solange Christtine Ventura




Fonte : Cura e Ascensão




Postagem : Mostradores da Luz




(Continua...)

O AMOR EXPLICADO PELA FÍSICA QUÂNTICA






Para uma consciência superior

O amor é explicado pela física. 
Descobri isso. 
Vi um filme sobre física quântica, a qual não entendia bulhufas, e descobri. O amor é pura física. 
Segundo a teoria quântica, estamos todos entrelaçados (os átomos), num emaranhado de conexões, infinitas.

Então resolvi teorizar também. 
Se eu estou entrelaçado com alguém e vibro numa mesma energia que esse alguém, é possível que possamos nos comunicar, mesmo à distância. 
O que eu fizer ou pensar movimentará átomos e partículas infinitamente pequenas e será reproduzido a outra pessoa da mesma maneira. 
Afinidades? Acredito que sim.

Das afinidades surgem as atrações. 
Que na verdade já existiam, visto estarmos entrelaçados, portanto atraídos energeticamente. Complicado? 
Pois é. Quem disse que o amor é fácil. Da atração, vinda da afinidade, vinda do entrelaçamento, surge a união das energias atômicas (nós), mesmos distantes. Será possível uma união à distância? Segundo a física, sim. Então do entrelaçamento, surge a afinidade, que traduz em atração, que já havia antes, por causa do entrelaçamento, resultando na união, mesmo a distância, dos átomos entrelaçados, nesse caso nós.

Veja leitor que estou quase chegando lá. Na teoria quântica do amor. Da união - mesmo à distância é possível a união – nasce o sentimento, que na verdade nada mais é que a concordância de idéias e de pensamentos. A admiração pelos átomos do outro.

Pela energia alheia. Que na verdade já existia. Só não era consciente. Visto que estamos todos emaranhados numa teia cósmica energética, que resulta em afinidades, que resulta em atração, que resulta em união, mesmo à distância, que faz nascerem sentimentos, que nada mais são que vibrações energéticas em uma mesma frequência, pois passamos a admirar o outro, suas idéias e pensamentos, que são energia entrelaçada com a nossa. Entendeu? Mas e será que o amor termina? Pela lei de Newton, impossível. Na natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma.

Sendo o amor energia entrelaçada entre meus átomos e os do outro, o amor terminará porque haverá um rearranjamento de partículas, que podem romper o enlace. Como? No momento que paramos de admirar o outro, nossa energia muda. Não vibra mais como antes.

Então se direcionará a outras conexões (explicação científica da traição), procurará outros átomos para compartilhar a união (mesmo à distância). Sendo o enlace desfeito, a energia não vibra mais em mão dupla, muitas vezes é mão única. Energia desperdiçada. Fim da relação (cientificamente, eis a explicação da separação).

E o amor dura para sempre? Eu acredito que sim. Quando as energias se encontram e conseguem se estabilizar, durarão eternamente. Não há choque de partículas (que define a discussão da relação). Os átomos dele e dela estão estáveis. Há uma corrente energética de ida e vinda o que se traduz em continuidade (eis a fidelidade). Viu como é fácil teorizar o amor? Entendeu? Não? Não precisa. A não ser que você seja físico. Apenas viva. A natureza se encarrega dos átomos.



Quando me amei de verdade...

Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato. E então, pude relaxar. Hoje sei que isso tem nome... Auto-estima.

Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra minhas verdades. Hoje sei que isso é... Autenticidade.

Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento. Hoje chamo isso de...Amadurecimento.

Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo. Hoje sei que o nome disso é... Respeito.

Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável... Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo. Hoje sei que se chama... Amor-próprio.

Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro. Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo. Hoje sei que isso é... Simplicidade.

Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e, com isso, errei muitas menos vezes. Hoje descobri a... Humildade.

Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de preocupar com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece. Hoje vivo um dia de cada vez. Isso é... Plenitude.

Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada. Tudo isso é... Saber viver!!!

FONTE: Haley

Publicação : Dona Digital

Postagem : Mostradores da Luz

4 SINTOMAS DO CHÁCRA COROA SE ABRINDO





Você está tendo dores de cabeça e os padrões do sono estão incomuns? Está sentindo como se sua mente não estivesse parando de conversar e a necessidade de um pensamento constante, então você pode estar com sintomas do chakra da coroa se abrindo. Abaixo estão listados alguns dos sintomas comuns da abertura do chacra coroa :

1) DESAPEGO

O processo de cura conduz a alterações de vários padrões de comportamento de um ser. O isolamento é um grande sintoma do processo e algumas alterações óbvias podem ser observadas. A pessoa tende a ter uma perspectiva diferente da vida e das coisas, que é muito diferente da noção do resto da multidão.


Uma mudança de círculo de amigos acontece, isto é, perda de alguns amigos ou mesmo a criação de novas amizades e relacionamentos. Pode haver algumas mudanças do estilo de vida pessoal, tais como, novos interesses e até mesmo novos hobbies. Tudo isto acontece devido a um processo de auto-aprendizagem que se passa numa tentativa de auto-consciência. Como diz o ditado: 'Quanto mais você aprende, menos você fala". Assim, você pode tender a conversar menos ou mesmo se envolver em uma conversa com um certo desejo de ter conversas significativas com as pessoas.




2) OUTROS SINTOMAS DA ABERTURA DO CHACRA CORONÁRIO SÃO DORES DE CABEÇA E DORES NO CORPO

Durante o processo de cura há uma luta constante entre os pensamentos negativos / Vibrações / memórias com o cérebro humano. Observa-se a resistência da mente humana à mudança e, portanto, há uma luta para manter o status quo, um profundo desejo de segurar os pensamentos negativos, as ideias negativas e até mesmo as memórias negativas. Como resultado, o corpo reage e certos sintomas, tais como dores de cabeça são observados.



Além disso, uma pessoa pode sentir comichão no topo da cabeça, bem como ter alguma sensação de irritação na garganta. Os pensamentos constantes também podem levar à fadiga do cérebro e como é que o cérebro responde quando está oprimido? com dores de cabeça enormes. Mas tudo isso, eventualmente, pára, uma vez que se domina a arte do processo de cura e, finalmente, começa a conexão espiritual.



Fonte : Mães Amigas

3) PADRÃO ALIMENTAR


Passamos por um processo onde podemos enfrentar algumas mudanças de comportamento na alimentação. O processo de pensamento que acontece no cérebro se conecta diretamente para a parte biológica do corpo e essa é uma das razões que podemos pontuar é que a mente precisa de alimento.


O processo pode, portanto, forçar a perda de seu apetite e, além disso resultar em certo anseio de certos alimentos. O cérebro também pode, aparentemente, levar a algumas memórias / pensamentos de certos alimentos ou até mesmo alguns eventos de alimentos, que poderiam ter sido reuniões sociais, cerimônias, etc.





4) VARIAÇÃO DO SONO


O processo de conexão e cura pode realmente interferir com o ciclo de sono normal. Em alguns casos, a pessoa tende a ter diferentes horas de sono do que normalmente, por exemplo, tendência a querer dormir às três horas da manhã. Na maioria dos casos o número de horas de sono se reduz com relação as 7-8 horas dos seres humanos médios. Pode-se também acabar acordando mais cedo do que o ser humano médio.

As horas de sono reduzidas pode ser o resultado dos pensamentos na medida em que tendemos a ter auto pensamentos, discussões e internalização de idéias, portanto, não se pode querer dormir muito. Além disso pode-se produzir uma grande quantidade de suor durante o sono e, principalmente, suor frio. No entanto, em alguns casos pode-se ter a tendência a dormir muito, como resultado de fadiga devido ao processo de pensamento constante e, como se sabe, o sono traz algum nível de relaxamento para a mente e o corpo também.




Nota do Blog Mostradores da Luz :

O QUÊ FAZER NO PROCESSO DE ABERTURA DOS CHACRA COROA E OUTROS CHACRAS TAMBÉM E SEUS SINTOMAS

O alinhamento energético é imensamente necessário. Você pode fazer conforme está descrito abaixo.

O Reiki, a LFT, a Cura Reconectiva, a Acupuntura são excelentes.

Existe uma técnica chamada Do In, que pouco se fala hoje em dia, que é uma forma de auto- cura, ou seja, você pode fazer em você mesmo apenas tocando com as pontas dos dedos determinados pontos.

A dor de cabeça pode ser aliviada com pequenos toque com o dedo na nuca, na base do crânio e coluna, verá que esse pontos estão doloridos. Também pode fazer pequenos toques ao redor das orelhas, ouvidos, mandíbulas e nas sobrancelhas. Todos são pontos muito doloridos, que é normal, mas a pressão leve e soltar com a ponta do dedo alivia bastante.

Não deixe de ir ao médico sempre, se não houve nada fisiológico, provavelmente são as altas energias atuando.

Alinhamento energético - como fazer
De Sônia L Pereira em Quarta, 23 de abril de 2014 às 19:22
Fonte http://unaversidade.org/movimento/blog/alinhamento-energetico/

Basicamente o alinhamento energético do terceiro corpo sutil, o Corpo Bilógico Perfeito é esse, fácil de fazer:

Estique os braços para frente e em paralelo um com o outro. dobre as mãos abertas para o seu corpo.
Traga as suas mãos de forma a quase tocar o seu corpo.
Conte, primeiro corpo.
Chegue as mãos para trás um pouco e conte, segundo corpo.
Chegue mais uma vez as mãos para trás um pouco e conte, terceiro corpo.
Inspire fundo, quando expirar devagar pela boca, vai trazendo as suas mãos devagar até tocar o corpo .

Pronto !

NOTA: No Corpo Biológico Perfeito é onde está gravada toda a estrutura do pleno funcionamento biológico do seu corpo físico. Serve para ansiedade, qualquer doença física, melhora o estado fíco geral.

Pode ser feito a qualquer hora e em qualquer lugar, quantas vezes por dia quiser
Por : Sônia L Pereira.
Fonte : Spiritual Unite
Tradução : Sônia L. Pereira