quarta-feira, 9 de maio de 2012

MIGUEL - ABORDEM ESTAS COISAS COM UM ESPÍRITO DE MARAVILHA, ALEGRIA E GRATIDÃO




Miguel
Canalizado por Ron Head


Falaremos esta manhã sobre as mudanças que estão se manifestando dentro de vocês.

Muitos continuamente perguntam sobre prisões, finanças e governo; mas nós lhes dizemos que as coisas de real importância estão acontecendo em seus corpos, mentes e espíritos.

Agora nós ouvimos aqueles que estão perguntando:
"Quais são esses sintomas físicos?
O que são esses sonhos?
Por que ando tão cansado?
Por que estou dormindo tanto?
Por que não estou dormindo?"

Todas essas perguntas, e muitas mais, são os resultados das mudanças sendo feitas em seus corpos físico, emocional e mental.
Elas não são feitas para vocês, queridos amigos.
Elas são feitas com vocês como um resultado de seus pedidos e intenções.
Por favor, olhem para elas como os indicadores mais claros que vocês veem até aqui da realidade de tudo que nós temos lhes dito.
Elas são tão reais quanto qualquer terremoto ou tsunami.
Os terremotos e tsunamis são, na verdade, reflexos dos terremotos e tsunamis dentro do humano.

Nós os temos aconselhado a abordar essas coisas com um espírito de maravilha, alegria e gratidão.
Nós vemos muitos de vocês levando este conselho a sério.

Quando virem amigos ou vizinhos preocupados com estas coisas, por favor, delicadamente mostrem-lhes que a resistência e a tentativa de encontrar o sentido com suas antigas compreensões somente provocarão mais estresse.

Nós dizemos: "Deixem rolar. Acompanhem. Divirtam-se com isso."

Se vocês mantiverem sua intenção de encontrar o seu novo você de suas intenções, vocês encontrarão um modo de aproveitar cada indicador de mudança em vocês.
Sim, é possível que possa haver desconforto e até alguma dor envolvida para alguns, dependendo do tipo de mudança pelo que eles devem passar, mas a aceitação e a gratidão assegurarão uma rápida assimilação das energias e mudanças.

Peçam-nos ajuda na incorporação de novas frequências em seus corpos físico, mental, emocional e espiritual, e vocês a terão.

A nova pessoa que vocês encontrarão em si irá deliciá-los realmente.
Na verdade, vocês já são essa pessoa e sempre foram.
Agora, finalmente, outra vez, será possível para esses seus aspectos viverem em vocês no seu mundo.

É isto que vocês têm chamado de ascensão.
Como alguém recentemente lhes informou isto também poderia ser chamado de descensão.

Vocês têm convidado as melhores partes de si para virem viver dentro de vocês e o convite foi ouvido e aceito.
Por que não fazer uma festa de regresso ao lar interior, queridos corações?
Riam, dancem, até gritem, se for o que vocês sentem.

Mas todos os dias deem graças e permitam que aconteça.
Deixem seus pensamentos serem de aceitação e mais aceitação.
Digam aos seus eus superiores como eles são bem-vindos.
Agradeçam ao seu Criador pela oportunidade de estarem aqui agora para viver isto. Isto servirá para atravessarem facilmente qualquer distúrbio que vocês possam ver dentro ou fora de vocês.

Nós aconselhamos a não recusarem ver o que está se passando ao seu redor, mas mantenham seu foco no que está se passando dentro de vocês.

Essas coisas trazidas à superfície da realidade para serem liberadas da consciência humana não precisam preocupá-los excessivamente.
Muito em breve elas deixarão de existir de vez e para sempre em seu mundo.
Deixem-nas ir e mantenham em seu abraço os novos sentimentos, compreensões e sonhos que vocês estão descobrindo.

Amanhã conversaremos de novo, meus amigos.

Bom dia.



Copyright © Ronald Head. Todos os direitos reservados.
Você pode copiar e redistribuir este material contanto que não o altere de nenhuma forma,
que o conteúdo permaneça completo e inclua esta nota de direito e o link:
http://oraclesandhealers.wordpress.com/

Tradução: SINTESE para os Blogs De Coração a Coração e Sintese
http://stelalecocq.blogspot.com/
http://blogsintese.blogspot.com/

Respeite os créditos

VOCÊS SE ENCONTRARÃO IMERSOS NA MARAVILHA DE QUEM VOCÊS REALMENTE SÃO

Jesus através de John Smallman


A humanidade está no curso de despertar como divinamente planejado.

Então abram seus corações para receber o Amor que constantemente é oferecido para ajudá-los a sair do seu estado de sono profundo.

Vocês querem: vocês sabem que a vida é muito mais real, viva e exuberantemente vibrante do que o que vocês estão experimentando presentemente, e ainda há um sentimento de ansiedade ou até de medo - de que avançar para este estado é enfrentar julgamento e possivelmente condenação por comportamentos a que vocês às vezes se engajaram.
Mas esses comportamentos nunca aconteceram e nem poderiam acontecer.

Seu estado presente é ilusório!

Muitos sábios e santos repetidamente os informam deste fato e ainda assim vocês duvidam e aderem às crenças que tentam convencê-los de que vocês são pecadores e desajustados, não merecedores do Amor Incondicional de Deus.

Vocês sempre são amados porque são os filhos de Deus, criados por Ele como seres perfeitos para viver na eterna alegria. Esta é a Vontade d'Ele.

Imaginar que qualquer outro estado que não a eterna unidade harmoniosa com Ele poderia ser o seu destino, além de impossível, não faz sentido nenhum.

Todos vocês são infinitamente merecedores, joias inestimáveis do firmamento divino e, sem a presença de um de vocês, esse estado estaria incompleto.
E nada que é de Deus, o Tudo Que É, poderia ser incompleto.

Seu destino é despertar, então vocês despertarão.

Liberem seus medos, suas dúvidas e suas ansiedades que sugerem que vocês não são merecedores porque elas somente os confundem e os perturbam.

Para confirmar, vão para seu interior - para seu coração, para o centro do seu ser - e se perguntem se vocês são merecedores do Amor de Deus e lhes será respondido com um sonoro "Sim!".
Nenhuma outra resposta é possível porque quando vocês fazem esta pergunta, é Deus Quem lhes responde.

Esta mensagem é para lhes reafirmar que vocês são eternamente Um com Deus, seu Criador e seu amoroso Pai, que não tem nada que não seja o Amor Incondicional e indiscriminado para oferecer a cada e a todas as partes de Sua criação.
Ninguém é ou poderia ser excluído desse estado divino e totalmente inclusivo.

Sejam quais forem os seus medos, eles são absolutamente injustificados.

Larguem desses medos, pois eles não lhes servem e permitam-se sentir o Amor que os cerca constantemente.

Quando vocês despertarem, todas essas inseguranças, dúvidas e sentimentos de ser de alguma forma desmerecedores que vocês abraçaram com um entusiasmo inacreditável durante os éons que vocês passaram na ilusão, desaparecerão e vocês se encontrarão inseridos e imersos na maravilha de quem vocês verdadeiramente são: seres divinos de valor infinito, confortáveis num estado de permanente êxtase uns com os outros e com Deus.

Vocês não terão lembranças de conflito, traição ou sofrimento para obscurecer o brilho do seu estado desperto.

Cercados por todos que amam vocês e que vocês amam, não haverá nada para perturbar a divina harmonia que é seu destino divino.

Seu amoroso irmão, Jesus.



Fonte: http://johnsmallman2.wordpress.com/
Tradução: SINTESE
http://blogsintese.blogspot.com/
Respeite os créditos

QUANDO ALGO PERTURBADOR ENTRAR EM SUA CONSCIÊNCIA, APENAS DEIXEM FLUIR

Mensagem de Saul
Por John Smallman

O futuro evento para o qual vocês - humanidade - têm progredido constantemente por tanto tempo, sem retrocessos aparentes e frequentes, se aproxima cada vez mais.

Sim, está tudo dentro do esquema e seu despertar ocorrerá como divinamente planejado com sua ajuda entusiástica e concordância.

Quaisquer dúvidas a respeito dele que vocês possam ter são completamente sem fundamento.

Liberem-nas e focalizem sua atenção naquilo que vocês verdadeiramente desejam que aconteça e realizem-no.

Esta tarefa é sua, competentemente assistida por todos nós dos reinos espirituais que estamos constantemente lhes oferecendo conselho (mas somente quando procurado) e encorajamento.

Passar tantos éons no ambiente ilusório que vocês criaram para fazer seus jogos os fez montar ao seu redor um forte escudo para protegê-los dos ataques que são um aspecto contínuo desse ambiente estranho.

No que agora vocês estão mais engajados é no abrandamento e remoção desse escudo para que vocês possam interagir totalmente com o Campo Divino de Amor que os cerca o tempo todo e que deseja mantê-los em Seu amoroso abraço.

Para abrandar este escudo e capacitá-los a removê-lo, vocês estão tratando todas essas questões e atitudes desamorosas conforme elas vertem para a sua consciência, às vezes com efeitos bastante perturbadores.

Despertar é acordar na Presença Divina onde tudo é Amor.

Tudo o que é desamoroso não pode entrar porque o brilho da Luz Divina esmaga e aterroriza totalmente qualquer coisa que é desamorosa.

Qualquer medo que vocês possam ter de serem divinamente julgados e considerados deficientes os priva de seu profundo conhecimento interior disto.

Vocês sabem que tentar entrar na Presença de Deus com qualquer coisa separada do Amor em seus corações é um empreendimento sem sentido.

Para entrar na Presença Divina vocês devem ter o desejo e a intenção de fazê-lo com todo o seu coração, mas vocês ainda estão abrigando pensamentos e atitudes negativas e então vocês não estão fazendo com desejo e intenção de todo o seu coração e é por isso que seria sem sentido.

Vocês estão tão acostumados a reter parte de seu coração quando se relacionam com os outros, no caso de serem atacados ou traídos, que lhes é difícil liberar esses elementos desamorosos remanescentes que parecem tê-los provido com a proteção essencial por tanto tempo.

E são esses aspectos desamorosos remanescentes que vocês ainda mantêm em seus corações que vocês estão no processo de tratar e liberar enquanto o momento de seu glorioso despertar se aproxima.

Consequentemente, muitos se sentem perturbados e distraídos enquanto os aspectos de si mesmos que estavam enterrados profundamente em seu interior vêm à superfície de sua consciência para serem liberados.

Lembrem-se: é-lhes constantemente oferecida enorme assistência por aqueles dos reinos espirituais para que vocês possam trabalhar rápida e efetivamente com essas questões e não tem como vocês falharem ao fazer isto.

Porém pode lhes ser muito desconfortável.

Quando algo chocante ou muito perturbador entrar em sua consciência, apenas deixem fluir.

Não tentem impedir ou bloquear - vocês não precisam agir - apenas deixem fluir.

Não irá durar, e quando tiver passado vocês se sentirão mais vivos, mais seguros, mais certos e mais confiantes.

O que acontecerá é que a intensa energia que vocês precisavam para bloquear, negar ou se esconder, agora lhes estará disponível para ser utilizada e aproveitada, resultando numa redução pronunciada da fadiga e do estresse que o uso impróprio dela provocava e vocês serão favorecidos por ela.

Verdadeiramente seu caminho para despertar está muito mais curto; a parte principal agora ficou para trás, e conforme vocês liberarem o que precisam liberar e permitirem seus corações se abrir cada vez mais, sua fé no resultado divino, que foi planejado desde o momento de sua separação, continuará a se fortalecer e intensificar, até vocês saberem em sua mente consciente que a Vontade de Deus e sua está garantida.

Com muito amor, Saul.



Fonte: http://johnsmallman.wordpress.com/
Tradução: SINTESE
http://blogsintese.blogspot.com/
Respeite os créditos

Problemas no Céu


 
Deus fazia a sua costumeira ronda pelo céu.
Percebeu que algumas pessoas não eram suficientemente puras para estar aí.
Elas mesmas se envergonhavam diante dos bem aventurados, gente de imaculada beleza!

"O que está acontecendo?", pensou Deus.
"Será que Pedro não está vigiando bem a porta do céu?
Por que ele está deixando essa gente entrar?
Será que a idade avançada debilitou a sua coragem?
Isso não pode continuar."
Pediu, então, a um anjo mensageiro que fosse chamar Pedro.
 
O anjo chegou aonde Pedro estava.
Tomava conta da entrada do céu.
Parecia muito feliz e tranqüilo.
"Pedro", disse o anjo, "vim substituir você um pouquinho, Deus precisa falar com você."
 
Pedro foi depressa ao encontro do Senhor.
Chegando à sua presença fez uma profunda reverência.
O Senhor foi logo dizendo:
"Há muita gente que não deveria estar aqui nesta santa e celestial morada.
Por que você os deixou entrar?"
Pedro respondeu assustado:
"Não é possível!
Como isso pôde acontecer?
Estou tão surpreso quanto o Senhor!
Fico no meu lugar, dia e noite, vigiando a entrada do céu.
Permaneço atento para que só entrem as pessoas que estão purificadas."
"Calma Pedro.
Talvez alguém esteja trapaceando.
Olhe!
Você conhece aquelas pessoas?"
"Não Senhor.
Francamente, nunca as vi e com certeza não passaram por mim.
Eu lhe prometo que vou encontrar o responsável por isso.
Se eu não conseguir, o Senhor pode me tirar o cargo de porteiro do céu."
 
Pedro voltou rapidamente para o seu posto.
Conferiu a fechadura.
Verificou se não havia alguma entrada clandestina.
Nada.
Tudo estava na mais perfeita ordem.
Sorriu tranqüilo e continuou vigiando a grande porta.
Poucos dias depois para a sua surpresa, constatou a presença de novos intrusos.
Por onde entraram?
Como?
Quando?
Foi logo procurar Deus.
Ambos resolveram então permanecer perto da entrada para descobrir o que estava acontecendo.
Ficaram bem atentos.
O que viram?
Uma cena fantástica!
Fora do céu, nas proximidades da porta de entrada, uma multidão chorava.
Eram as pessoas que Pedro não deixara entrar.
Profundamente comovida, lá estava Maria ajudando-os.
A Mãe de Deus encostara uma escada no muro e fazia as pessoas subir por ela e entrar no céu.


Pedro suspirou aliviado.
Tendo provado a sua inocência, disse para Deus:
"Talvez seja bom o Senhor ter uma conversa com ela..."
Mas Deus, vendo o carinho, a doçura e a ternura com que Nossa Senhora tratava aqueles infelizes, concluiu:
"Não adianta, Pedro.
Você a conhece bem.
Ela sempre vai conseguir um jeitinho de continuar ajudando!"
"Mãe... é Mãe!"

PELO QUE VOCÊ É RESPONSÁVEL?


Sabemos que a nossa realidade é da nossa inteira responsabilidade.

 
O que está nela, como ela se revela, o que criamos e o que permitimos, toleramos e aceitamos, refletem como usamos a nossa energia na criação de cada etapa da nossa jornada de vida.
 
Mas expandimos a definição e o alcance da responsabilidade para incluirmos outro aspecto que torna uma luta e um fardo, ao ponto em que estamos dispostos a abrir mão do nosso poder, porque não podemos enfrentar a responsabilidade que achamos que o acompanha.
 
O aspecto que adicionamos à responsabilidade é a obrigação, e é um aspecto do paradigma do curador martirizado e um pesado fardo, de fato.

Quando confundimos a responsabilidade com a obrigação, acreditamos que somos solicitados a não somente vermos e sentirmos a energia, mas também termos que transformá-la.
 
E, até certo ponto, isto é verdade.
 
Estamos aqui para transformar a energia, mas é a nossa energia que precisamos transformar, não a dos outros.
 
Estamos aqui para nos fortalecermos e sermos um exemplo da luz de Deus.
 
A crença na obrigação nos inspira, literalmente, a assumirmos os pecados do mundo e a transformá-los em bênçãos.
 
E, então, a assumirmos as energias dos outros e abençoá-las, também.
 
Assumimos, então, a opinião de todos e tentamos nos tornar responsáveis por provar que estão errados.
 
E, em algum ponto, simplesmente paramos, porque é muito difícil e nos sentimos impotentes.

A responsabilidade tem a ver com a forma como interagimos com a energia, e temos duas opções, reagirmos ou respondermos.
 
Quando reagimos à energia, conectamo-nos em seu nível e então tentamos transformá-la a partir deste espaço.
 
É aí que vem a obrigação, porque quando sentimos uma energia com que não estamos confortáveis, sentimos a obrigação de mudarmos para algo com que possamos nos alinhar, ainda que não seja adequado, com que não estejamos confortáveis ou que não esteja em integridade conosco.
 
Assim, começamos a diminuir a nossa própria energia, pouco a pouco, até que tenhamos perdido a conexão com o nosso próprio poder.
 
É assim que então agimos como curadores martirizados, abandonando lentamente o nosso poder, para que possamos nos sentir como se estivéssemos fazendo progresso em nos conectarmos com a cura e com o mundo.
Quando respondemos à energia, permanecemos em nosso próprio nível de vibração energética, enquanto decidimos se queremos ou não fazer uma conexão com outras energias.
 
Não nos sentimos obrigados a fazer nada e sabemos que quando não agimos com o nosso desejo de transformar outros, eles têm uma escolha de se unirem a nós em nosso nível e se fortalecerem.
 
Os novos portais energéticos que estão se abrindo ao nosso redor podem nos fazer sentir uma obrigação de fazermos imensas mudanças em nós mesmos e nos outros.
 
Estão se sentindo oprimidos pelo que vêem como suas obrigações para mudar o mundo?
 
Há alguns aspectos do seu curador martirizado que estão transformando a sua responsabilidade em obrigação?
 
Esta é uma oportunidade para fazer uma pausa, encontrar o seu centro energético e resplandecer intensamente a sua luz, para que vocês respondam, ao invés de reagirem e assumirem a responsabilidade pelo que podem controlar: seu caminho de cura, sua conexão, seu poder e a sua jornada da ascensão.
 
Paz e Luz
Cecilia

Mensagem de Jennifer Hoffman
 
 

Entre a Luz e a Sombra

Entre a Luz e a Sombra
 
Escrevo este texto à luz de velas.
Acho que houve um apagão no meu bairro ou mesmo em São Paulo.
A escuridão nos cômodos me deu a chance de fazer algo que adoro: acender todas as velas da minha casa.
Cada uma em seu formato, colocada em um suporte diferente, em muitos cantinhos do sobrado onde vivo.
O ar mágico desses pontos de luz me faz repensar o mundo.
Relembro que de repente tudo se apaga.
Estamos, mas ao mesmo tempo não estamos.
Partimos, mas algo de nós sempre fica.
Somos finitos e infinitos, fugazes e eternos.
Olhos os castiçais de luz e o breu à volta.
É bonito.
Percebo o silêncio.
Tenho medo da escuridão.
Sim, lembro que desde criança nunca consegui dormir no escuro.
E até hoje não me sinto bem na escuridão.
Mas precisamos dela.
Para nos recolher, nos reconhecer, nos aquietar.

Nos últimos nove anos da minha vida, comecei a gravar um filme Entre a Luz e a Sombra.
Nunca soube ou imaginei que o que gravava, seria um filme.
Foram anos de mergulho na minha escuridão e na minha luz.
Um encontro, um reconhecimento do meu ser.
Foi um caminho na vertical de um tema que já estava habituada a contar, sobre os menos privilegiados, os que vieram da periferia, os prisioneiros.
Não era a primeira vez que tinha contato com essas temática, mas não esperava que este mergulho seria tão duradouro.
Desde os dezoito anos de idade, quando vim de Belo Horizonte sozinha para São Paulo para fazer faculdade de jornalismo, sabia que era isso o que gostaria fazer.
E foi o que sempre fiz como repórter.
Através do meu trabalho como jornalista queria ajudar a transformar o mundo.
Utopia, idealismo?
Pode ser, mas foi esta crença que alimentou minha alma desde aquela época.
Adorava ir para as favelas do meu país e conhecer de perto esta realidade.
Sentia que era lá que entrava em contato com a essência do ser humano, com seus valores mais puros: a humildade, a solidariedade, as coisas simples.

(volto a escrever alguns dias depois, pois a bateria do meu laptop acabou naquele dia….)

Mas apesar de toda essa vivência é difícil para mim descrever o que foi fazer Entre a Luz e a Sombra.
Sei que foi um processo longo, árduo, doloroso e de profundas transformações.
Em muitos momentos o processo que vivia no filme se refletia diretamente em minha vida.
Em outros, as mudanças que fazia na minha vida ajudavam-me a avançar no filme.
Foram inúmeros obstáculos.
Muitas vezes pareciam intransponíveis.
Acredito que se minha fé foi testada, hoje posso dizer que sim, sou uma pessoa de fé.
Vivo nela e é o que tem me sustentado em tantos momentos de medo.

Vejo o medo como algo a ser enfrentado, superado, mas com coragem, nunca com a violência.
Este filme fala disso, dos sonhos, da vontade de mudar nosso país, dos nossos obstáculos internos, da sociedade brasileira envolvida num caos de valores.
Fala também de nossas ambigüidades, desilusões, nossos preconceitos e das nossas possibilidades de dar a volta por cima apesar de tudo.

Aprendi muito com Entre a Luz e a Sombra, seus personagens, os profissionais que trabalharam nele e tantos amigos que estiveram ao meu lado em diferentes momentos nos últimos nove anos.

Esta semana, no dia 27 de novembro, Entre a Luz e a Sombra entra em cartaz no cinema em São Paulo, Santos e Belo Horizonte; dia 4 de Dezembro no Rio de Janeiro e depois, provavelmente, em outras cidades brasileiras.

Ele já passou por muitos festivais dentro e fora do Brasil em lugares como França, Holanda, Bélgica e África e o sonho de compartilhar esta história com os brasileiros se aproxima.

No começo da semana que passou, aconteceu a primeira pré-estréia dele no cinema em Belo Horizonte, minha terra natal.
Por um acaso do destino uma forte tempestade e um novo apagão na cidade ocorreram poucas horas antes da exibição.
Dirigia-me ao cinema e observava muitas árvores derrubadas no trajeto e a cidade sem luz, num trânsito em completo caos.
Em nenhum momento tive dúvida que aquela pré-estréia aconteceria.
Sabia que de algum jeito o filme estava protegido.
Ao chegar ao cinema percebo que o quarteirão dele estava iluminado e todos os outros, a partir dele, na escuridão.
A rua do cinema estava exatamente entre a luz e a sombra.
Aquele cenário parecia-me um sinal de diálogo forte da natureza com o filme e com tudo o que ele e eu vivemos ao longo destes anos.
Em meio à tempestade e ao apagão, o filme foi exibido.
Nem todas as pessoas que planejaram ir conseguiram chegar, mas outras foram e tivemos uma afetuosa pré-estréia.
Entre a Luz e a Sombra nasceu e foi acolhido pelo coração amoroso dos mineiros e sedimentado nas raízes das montanhas da terra onde nasci.
Ele chega ao mundo amigo do vento, libertário, em busca de horizontes para o nosso país, belíssimos horizontes.

Espero poder compartilhar também com você do Somostodosum esta aventura humana inesquecível…

Luciana Burlamaqui
ZORA Mídia - São Paulo - Brasil
lburlamaqui@yahoo.com


Assista, clicando aqui um canal do filme com todos os vídeos sobre ele até o momento.

Respeitando o Crescimento

Respeitando o Crescimento
Quando plantamos uma roseira, notamos que ela fica dormindo muito tempo no seio da terra, mas ninguém ousa criticá-la, dizendo:
"Você não tem raízes profundas" ou "Falta entusiasmo na sua relação com o campo".

Ao contrário, nós a tratamos com paciência, água e adubo.

Quando a semente se transforma em muda, não passa pela cabeça de ninguém condená-la como frágil, imatura, incapaz de nos brindar imediatamente com as rosas que estamos esperando.

Ao contrário: nos maravilhamos com o processo do nascimento das folhas seguido dos botões e, no dia em que as flores aparecem, nosso coração se enche de alegria.

Entretanto, a rosa é a rosa desde o momento em que nasce até seu período de esplendor, e termina murchando e morrendo.

A cada estágio que atravessa - semente, broto, botão, flor - expressa o melhor de si.

Também nós, em nosso crescimento e constante mutação, passamos por vários estágios: vamos aprender a reconhecê-los, antes de criticar a lentidão de nossas mudanças.

(W. Timothy Gallway)

Manter a Alegria presente

Manter a Alegria presente

 Busque no seu íntimo a fonte de todo bem-estar.
 
É preciso cultivar diariamente a serenidade, o bom humor, a esperança para que a alegria permaneça sempre presente.
 
Exercite o riso que vem da alma e do coração.
 
Assim você estará em sintonia com o Universo.

Uma resposta vibrante e natural à vida, gerando entusiasmo, alegria e vitalidade, depende do equilíbrio interior.

Quando estamos equilibrados, as qualidades positivas se manifestam espontaneamente e nós seguimos com facilidade o que a experiência traz, seja lá o que for.

Às vezes, porém, perdemos nosso equilíbrio e nossas percepções ficam tingidas pelas emoções.
 
A qualidade lúcida e estimulante da felicidade fica nublada pela ansiedade e depressão, tornando-se difícil nos satisfazermos com o que quer que façamos.
PAZ, AMOR, ALEGRIA são os três frutos do espírito.

A paz é a manifestação do ser unificado.
 
O Amor é a exteriorização do conhecimento divino.
 
E a bem-aventurança, o correspondente à perfeição, é idêntica à alegria.

Como a paz, a alegria não é somente fruto do espírito, mas também sua raiz.
Se quisermos conhecer Deus, devemos fazer tudo para cultivar o equivalente mínimo da alegria que nos é possível sentir e expressar.

A Mente Oculta da Mente - Tarthang Tulku
http://www.stum.com.br/blog/blog.asp?id=00792

 

Julgar


Julgar
Fere...
Destrói...
Afasta...

Tomemos cuidado antes de proferir qualquer palavra,
no sentido de julgar nossos irmãos de caminhada.
Muitas vezes a mesma sentença com que condenamos,
será a mesma com que seremos condenados...

É fácil condenarmos...

É fácil colocarmos alguém em posição inferior,
rotular, criticar....
Lembremos sempre que cada um de nós carregamos uma bagagem,
uma historia de vida.
Lembremos que cada um de nós temos a nossa própria identidade,
temos nosso modo de agir, de pensar,
livre arbítrio para ser e acontecer.
Lembremos sempre que somos únicos e diferenciados

Ao julgar o nosso próximo estamos nos subjugando,
pelo simples ato de julgar.

Julgar é fácil...
Difícil é retirarmos a sentença dada ao ombro daquele que julgamos,
porque somos pequenos demais para pedirmos perdão,
pelo nosso direito não constituído.

Difícil é reconhecermos que somos todos irmãos de caminhada,
que moramos na mesma rua, pisamos no mesmo solo.
Que somos filhos do mesmo Pai.

Fácil é rotular pessoas
Difícil é nos policiarmos na hora de sentenciar.

Muitos de nós perdemos sólidas amizades, amores,
companheirismo, pela dura sentença de um julgamento.

Tomemos cuidado com palavras que proferimos,
transferindo para a alma alheia mágoas
que podem se tornar em profundas cicatrizes.

Deixemos os julgamentos apenas àqueles que na Terra
abraçaram o julgar como profissão, como causa.

Deixemos a Deus a sentença que cabe a cada um de nós.
(Cora Maria)

Recebido de Soraya Souza

http://somostodosum.ig.com.br

Inspire-se agora na flor de lótus

Inspire-se agora na flor de lótus

As vezes, sem motivo especial (e sem entender o que de fato está se passando), nos pegamos nervosos e agitados, com o pavio prestes a explodir.
O que muita gente ignora, entretando, é que em situações desse tipo somos atacados por perturbações do mundo astral.
São cargas pesadas, e estamos sujeitos a essas influências.
Mas, para que você saiba como ele atua, é preciso entender que a mente é coletiva, ou seja, todos nós estamos dentro de uma só mente.
Quer ver?

Quando você fica sem atividade mental, admirando o horizonte, por exemplo, vários pensamentos passam pela sua cabeça, inclusive os mais absurdos.
Pois bem, de tudo o que passa pela sua cabeça, pelo menos 70% não é seu.
Agora você me pergunta: como vou saber o que é meu e o que não é meu? Infelizmente, não dá pra saber!

Diariamente, um milhão de idéias passam pela nossa cabeça.
Mas um pensamento só será seu quando você o assumir para si mesma.
Então, quer dizer que posso estar desanimada e esse baixo-astral não ter nada a ver comigo?
Sim, e mais: tem muito encosto por aí explorando os seres humanos!
Muita gente pensa que está cansada ou que a vida não flui por falta de sorte.
Na verdade, está com encosto!

O convívio com esse astral contrário é constante.
De fato, há espíritos que não querem ir embora e se grudam na gente.
O que acontece?
Seu astral começa a pesar.
Você está bem e, de repente, começa a se sentir esquisita.
Eles nos magnetizam e misturam os pensamentos porque a mente é uma só.
E nós somos verdadeiros filtros.

Gostaria que você abrisse os olhos para se proteger.
Se, do nada, você se descontrola, pare e concentre-se na paz.
Tenha em mente que a perturbação só a rodeará se você assumir o encosto pra si mesma.
Aprenda a identificá-lo e conseguirá se livrar dele.
Será que as coisas que você tem sentido são mesmo suas?
Veja bem, não quero tirar suas responsabilidades, quero que você reflita.
Saiba que todo mundo tem proteção, tem luz.

Já lhe disse, inclusive, que o universo conspira a seu favor.
Portanto, mantenha a sua firmeza no bem.
Dessa forma não há pensamento ruim (ou encosto) que resista.
Assim como eles vêm, eles simplesmente vão.
Passam porque você estará firme na sua inteligência, na sua paz, no seu bem!

Luiz Antonio Gasparetto
http://mdemulher.abril.com.br/blogs/luiz-gasparetto/

Iluminado por si mesmo

Iluminado por si mesmo

Quando a tristeza parecer insistir em teu coração, quando as portas parecerem trancadas a sete chaves, escondendo de ti a luz do conhecimento, entrega o que te machuca Àquele que sabe por ti.
Aceita que dentro de ti existe um ser em perfeito equilíbrio, sábio e cheio de luz.
Um ser amoroso que sabe como proceder em prol da tua paz de espírito.
Um ser que sabe que toda dor, toda confusão, todo engano, provém da mesma origem.
E, diante de toda ilusão, ele sabe que a cura está na verdade que carregas em teu coração.
Um ser que sabe da tua inocência, da preciosidade que representas Àquele que te criou.
Aceita que sozinho ainda não sabes cuidar de ti.
Deixa que este ser que habita em ti possa ensinar-te a usar teus dons, teus dedos em tua argila, teus pincéis em tuas cores, tuas chuvas em teu céu, tuas águas em teus seixos, tua alegria em teu coração.
Permite que ele te mostre o caminho, ensinando a forma correta de pisares o chão que sustenta tua busca.
Aprende a estar em silêncio com ele, desfrutando da sua quietude, da sua amorosidade.
Aprende a confiar e a entregar as coisas que ainda não podes iluminar por ti mesmo.
Aceita esta realidade e aprende que o ser que te guia em confiança e alegria trata-se tão somente de ti mesmo, da tua essência, da tua verdadeira natureza.

www.paz.com.br

A Força da Fé

A Força da Fé
Vou buscar, meu Deus,
nem que em águas distantes,
nem que preciso for mover céus e terras estranhas,
desbravar as matas,
enfrentar perigos angustiantes,
lutar sem armas, galgando as mais altas montanhas.

Vou buscar, Senhor,
um porto novo e seguro,
onde o barco de minha vida ancore com firmeza,
onde meus pés não encontrem
caminho impuro
e os meus anseios se emoldurem pela natureza.

Vou buscar, Senhor,
esta paz tão almejada,
expandindo todo o ser que meu peito habita.
Vou em busca da quimera
por demais sonhada
e chegar até onde meu caminhar permita.
Vencerei as angústias
de perguntas sem respostas.
Inverterei o rumo que não me foi destinado.
Despojada do fardo
que pesava em minhas costas,
seguirei tranqüila ao amanhã tão esperado!

Levarei, Senhor,
comigo somente os sonhos
eivados de esperança e do verdadeiro amor.
Deixarei para trás
os restos tristonhos
de um passado sem vida, sem rumo, sem cor...

Cleide Canton Garcia
http://amorepaixaomensagens.com.br/aforcadafe.html
http://www.stum.com.br/blog/blog.asp?id=10371
 

Seu Anjo Sabe

Seu Anjo Sabe

Quando você está cansado e desencorajado
por esforços que não deram frutos
Seu Anjo sabe o quanto você tentou...

Quando você chorou por longo tempo
com o coração cheio de angústia
Ele contou suas lágrimas...

Se você sente que sua vida está perdida
e que muito tempo também se perdeu
Ele está confortando você...

Quando você está solitário
e seus amigos estão muito ocupados
para um simples telefonema
Ele acompanha você...

Quando você sente que já tentou de tudo
e não sabe por onde recomeçar
Ele tem a solução...

Quando nada mais faz sentido
e você se sente frustrado e deprimido
Ele tenta lhe mostrar respostas...

Se de repente
tudo lhe parece mais brilhante
e você percebe uma luz de esperança,
nesse momento
Ele soprou nos seus ouvidos...

Quando as coisas vão bem
e você tem muito para agradecer
Ele está festejando com você ...

Quando algo lhe traz muita alegria
e você se sente refortalecido
Ele está sorrindo para você...

Quando você tem um propósito a cumprir
e um sonho para seguir
Ele abre seus olhos e o chama pelo nome...

Lembre-se que onde você estiver
seja na tristeza ou na felicidade,
mesmo que ninguém mais saiba,
Seu Anjo sabe...

Silvia Schmidt

http://www.stum.com.br/blog/blog.asp?id=08675


ACALMA MINHA ALMA

 
ACALMA MINHA ALMA

Acalma minha alma, Senhor, que se confrange em pesares,
ante os problemas mal resolvidos ou sem solução.

Acalma minha alma, Senhor,
quando a madrugada chega
e o sono não vem para o reclamado
repouso do corpo cansado da luta diária.

Acalma minha alma, Senhor,
e toma minha vida em Tuas mãos.
Conduza-me para que eu não me perca
nos caminhos tortuosos
do desespero e da angústia
que, insistentes,
batem à porta de meus pensamentos
e de meu coração.

Acalma minha alma, Senhor,
equilibra minhas energias
e fortalece meu espírito
e assim, somente assim,
com Teu amor alicerçando minha vida,
é que poderei vencer hoje e sempre.

Amém!

Recebido de Lia
liapira@yahoo.com.br


 

Oração do Terapeuta

Oração do Terapeuta
Empresto meus ouvidos para que ouça o seu,
Aprendo a escutar meu silêncio.

Empresto meu olhar para que encontre o seu.
Aprendo que somos tudo que olhamos.

Empresto minha voz para ouvir a sua.
Aprendo como transmitir a minha.

Empresto minhas palavras que como sementes ficarão em seu inconsciente.
Aprendo a espera que em algum momento florescerão.

Empresto meu tempo que andei mais,
Aprendo que seu tempo é seu tempo.

Empresto práticas e métodos.
Aprendo a fazer que não se apegue a eles.

Empresto meu silêncio para lhe escutar.
Aprendo a arte de ensinar.

Empresto minha coragem para seus medos.
Aprendo que você é a memória de minha coragem.

Empresto meu equilíbrio.
Aprendo com você o ponto para não ficar no alto e nem no baixo.

Empresto meu não julgamento.
Aprendo a plena atenção em não projetar.

Empresto minha capacidade de observar.
Aprendo a disciplinar minhas dispersões.

Empresto minha consciência.
Aprendo que você é a consciência.

Empresto minha criatividade
Aprendo que o artista é a obra, mesmo que sem sua presença.

Empresto minha motivação.
Aprendo que não conduzimos ninguém além de onde estamos.

Empresto minha espiritualidade.
Aprendo que Deuses, Santos, Budas, Anjos e Você são da mesma Fonte.

Empresto o meu amor e compaixão.
Aprendo aceitar a sua gratidão.

Empresto minha alegria.
Aprendo que somos capazes de sermos felizes sozinhos.

De eu ser em nós, o sagrado e o humano.
De compartilhar a expansão de nossa consciência.

Pela comunhão com todos os seres.
E que todos os seres sejam felizes...

Fátima Bittencourt


http://www.stum.com.br/blog/blog.asp?id=10092


Cinco Orações Celtas

Cinco Orações Celtas

Uma Oração - I

Bendito seja o anseio que te trouxe aqui e que aviva a tua alma com assombro.
Que tenhas a coragem de acolher o teu anseio eterno.
Que aprecies a companhia crítica e criativa da pergunta "Quem sou eu?" e que ela ilumine o teu anseio.
Que uma secreta Providência Divina guie o teu pensamento e proteja o teu sentimento.
Que a tua mente habite a tua vida com a mesma certeza com que teu corpo se integra ao mundo.
Que a sensação de algo ausente amplie a tua vida.
Que a tua alma seja livre como as sempre renovadas ondas do mar.
Que vivas perto do assombro.
Que te integres ao amor com o arrebatamento da Dança.
Que saibas que estás sempre incluído no benévolo círculo de Deus.


Uma Oração - II

Que despertes para o mistério de estar aqui e compreendas a silenciosa imensidão da tua presença.
Que tenhas alegria e paz no templo dos teus sentidos.
Que recebas grande encorajamento quando novas fronteiras acenam.
Que respondas ao chamado do teu Dom e encontre a coragem para seguir-lhe o caminho.
Que a chama da raiva te liberte da falsidade.
Que o ardor do coração mantenha a tua presença flamejante e que a ansiedade jamais te ronde.
Que a tua dignidade exterior reflita uma dignidade interior da alma.
Que tenhas vagar para celebrar os milagres silenciosos que não buscam atenção.
Que sejas consolado na simetria secreta da tua alma.
Que sintas cada dia como uma dádiva sagrada tecida em torno do cerne do assombro.

Uma Oração - III

Que atendas ao teu anseio de ser livre.
Que as molduras da tua integração sejam suficientemente amplas para os sonhos da tua alma.
Que te levantes todos os dias com uma voz de bênção murmurando em teu coração que algo de bom te vai acontecer.
Que encontres uma harmonia entre a tua alma e a tua vida.
Que a mansão da tua alma nunca se torne um local assombrado.
Que reconheças o anseio eterno que vive no cerne do tempo.
Que haja benevolência no teu olhar quando contemplares o teu íntimo.
Que nunca coloques muros entre a luz e ti.
Que o teu anjo te liberte das prisões da culpa, medo, decepção e desespero.
Que permitas que a beleza espontânea do mundo invisível te recolha, cuide de ti e te inclua na integração.

Uma Oração - IV

Que sejas abençoado nos Nomes Sagrados daqueles que suportam a nossa dor pela montanha da transfiguração acima.
Que conheças o suave abrigo e a graça restauradora quando fores chamado a resistir na morada da dor.
Que os pontos de escuridão no teu íntimo se voltem na direção da luz.
Que te seja concedida a sabedoria de evitar a falsa resistência e, quando o sofrimento bater à porta da tua vida, sejas capaz de lhe vislumbrar a dádiva oculta.
Que sejas capaz de enxergar os frutos do sofrimento.
Que a memória te abençoe e te abrigue com a arduamente obtida luz do esforço passado, que isso te dê confiança e segurança.
Que uma janela de luz sempre te surpreenda.
Que a graça da transfiguração te cure as feridas.
Que saibas que, embora a tempestade possa rugir, nem um fio do teu cabelo será magoado.

Uma Oração - V

Que saibas que a ausência está repleta de terna presença e que nada jamais está perdido ou esquecido.
Que as ausências na tua vida estejam repletas de eco eterno.
Que sintas ao redor do secreto "Outro Lugar" que contém as presenças que deixaram a tua vida.
Que sejas forte na aceitação das tuas perdas. Que a dolorosa fonte de luto se transforme em uma fonte de ininterrupta presença.
Que a tua paixão se estenda àqueles de que nunca temos notícia e que tenhas a coragem de falar em nome de excluídos.
Que venhas a ser o afável e apaixonado sujeito da tua vida.
Que não desrespeites o teu mistério por meio de palavras insensíveis ou integração falsa.
Que sejas acolhido por Deus, em quem o amanhecer e o crepúsculo se unem, e que a tua integração habite os seus sonhos mais profundos no interior do abrigo da Grande Integração.

Notas de Wagner Borges

Do livro "Ecos Eternos" de John O’Donohue; Editora Rocco.

O irlandês John O’Donohue é escritor, pesquisador, poeta e filósofo católico, com Ph.D. em Teologia Filosófica pela Universidade de Tübingen.
É autor de dois belos livros sobre a sabedoria celta: "Anam Cara" e "Ecos Eternos", ambos publicados no Brasil pela Editora Rocco.
Por diversas vezes, ajudei pessoas com problemas de baixa auto-estima e vazio existencial simplesmente indicando a leitura desses dois livros.
O seu autor fala direto ao coração e enche a alma do leitor daquela beleza vital e amor pela vida dos celtas antigos, que valorizavam o gosto pelas coisas da natureza e a fluência dos sentimentos verdadeiros expressados no cotidiano.
Vale a pena ler esse material celta inspirado.
 

A Prece do silêncio

A Prece do silêncio

Pai, que hoje eu possa saber fazer silêncio!
Que os maus pensamentos se calem e que os meus ouvidos sejam surdos para más palavras e maledicências.
Que os meus olhos possam apenas enxergar o Bem em todas as coisas por pior que elas pareçam.

Que o meu ego se emudeça e se afaste de julgamentos e condenações.
Que a minha alma se expanda e tenha compaixão por todos os seres vivos.
Que em meu silêncio eu veja que há tempo para fazer preces pelos que já se foram.
Que eu consiga perceber cada recado Teu através das Tuas criações.
Que eu compreenda que a Tua voz é a única que me sopra a Verdade nas 24 horas dos meus dias.
Que eu ouça em cada minúsculo ser a grandeza da Tua obra.
Que eu perceba nessa Grandeza o quanto és desprovido de orgulho.

Pai, que hoje eu possa saber fazer silêncio!
Que eu saiba calar na hora exata e nessa hora lembrar-me de observar que na música da Vida só prevalece a Tua arte...
E que em meio a qualquer som Tu sempre soarás mais alto e jamais hás de calar-Te.
www.gotasdepaz.com.br

Sonho: O que é?

Sonhar com pessoas que já morreram
















Existem 2 tipos de sonhos:
- Um é resultado de manifestação instintiva ou mecanismo inconsciente que revive lembranças de fatos ocorridos no dia a dia, são mais comuns quando ainda em sono leve. Este pouca importância e pouca influência tem em nossa vida diária.
- O outro tipo de sonho, porém, exerce grande influência em nossa vida, por isso vamos falar dele com bastante cuidado e detalhadamente.

Para entender realmente o que é esse sonho, é preciso entender que quando dormimos, apenas o nosso corpo físico repousa.

O nosso espirito desliga-se parcialmente do corpo físico enquanto este está adormecido e volta ao plano espiritual onde participa ativamente de diversas atividades.

Quando o corpo físico vai acordar o espirito volta e reassume o seu invólucro carnal, trazendo gravado as lembranças e imagens das experiências vividas na outra dimensão da vida.

Essas lembranças são o que chamamos de sonhos.

Os sonhos absurdos com imagens irreais, lugares esquisitos, são distorções causadas pela grande diferença da relação tempo/espaço que existe entre o plano físico (material) e o plano espiritual.

Apesar dessas diferenças há grandes possibilidades de entendermos e decodificarmos as mensagens dos sonhos, muito embora para isso haja necessidade de treino e conhecimento relativo de si mesmo.

Isso porque no lado da vida espiritual as imagens e fatos que vivenciamos são muito semelhantes com as imagens e fatos que lá nos são descritos por outras entidades espirituais.

Por exemplo, quando sonhamos que estamos participando de uma aula, em uma sala com vários outros alunos, quando acordamos teremos essa imagem na lembrança.

Essas imagens, porém, podem ser de uma atividade (aula) que realmente tenhamos participado lá no plano astral, como também, ser a lembrança de um diálogo tido com um espírito no qual ele nos tenha narrado algo sobre uma sala de aula, ou nos aconselhado a participar de alguma aula.

Essa semelhança existe porque a forma usada pelos espíritos para comunicarem-se não é a fala, como nós nos comunicamos, (mesmo porque o espírito não tendo corpo físico não dispõe de um aparelho fonador).

A transmissão do pensamento, imagens, intenções, sentimentos, é feita de mente para mente de forma direta e clara, assim , quando um espírito quer dizer para o outro que "viu uma praia", ele passa para a mente do outro a imagem da praia que ele viu, o que dá uma idéia muito mais clara do que a nossa forma de comunicação, e causa ao espírito que recebeu a mensagem a impressão de ter visto aquele local, embora a tenha apenas recebido através da comunicação de outro.

Sonhar com pessoas que já morreram
Quando sonhamos com uma ou mais pessoas que já morreram, nada tem de perigoso ou de maus presságios. Isso quer dizer apenas que enquanto o nosso corpo físico estava dormindo, o nosso espírito desprendia-se parcialmente deste e esteve no plano espiritual onde de alguma maneira fez contato com esses entes já falecidos.

Dificilmente as lembranças que temos são retrato fiel do que se passou lá na espiritualidade.
Vamos dar um exemplo simples: o Sr. Fulano sonhou com seu pai já falecido, e que ele encontrava-se em um leito de hospital (analisaremos duas possibilidades).

Primeira Possibilidade: O Sr. Fulano esteve no plano espiritual e foi realmente no Hospital onde seu pai encontrava-se em tratamento em algum lugar do outro lado da vida.

Segunda Possibilidade: O Sr. Fulano esteve no plano espiritual, e encontrou-se com outro espírito que deu-lhe a notícia que seu pai encontrava-se em um Hospital na espiritualidade em tratamento.

Sonhar com pessoas falecidas pode ser ainda resultado de uma superexcitação da mente causada por pensamentos constantes na pessoa falecida.

Quando se pensa incessantemente em alguém que já morreu, isso causa em sua mente uma alteração que a leva a visualizar a pessoa a qualquer momento quando dorme ou até mesmo quando acordado e não podendo, assim, ser classificado como um sonho com significado real.

Aprecie esse link sobre Projeciologia e Viagem Astral.

Por isso a necessidade de uma preparação e do autoconhecimento para se analisar os nossos sonhos.


Não deixemos de confiar


Não deixemos de confiar
Nem tudo na vida são flores...
Em algumas curvas talvez o medo nos domine...
As dúvidas se aglomerem e por não encontrarmos respostas, como nosso coração se flagela...
Caminhos são cortados, modificados e nem ao menos somos consultados...
Quedas repentinas e que causam tristeza...
Incertezas...
Receios pelo porvir...
Vontade de parar o tempo...
De colecionar só alegrias...
Vontade que a mudança ocorra logo...
Ansiedade pela mudança que não pode ser evitada...
Sonhos...
Projetos...
Lágrimas e sorrisos que se misturam...
Vontade de gritar...
De pegar a bolsa e fui...
De ficar em silêncio, simplesmente longe de tanto tumulto...
Renovar...
Reencontrar a esperança...
Ir adiante...
Perdas que doem...
Paciência e resignação, nem sempre fáceis de serem cultivadas
Quantas questões...
E nenhuma garantia...
A vida apenas segue o seu rumo e lá vamos nós ...
Porém, se todas as respostas nos faltam, uma única certeza jamais se apaga:

NÃO ESTAMOS SOZINHOS!!!

Há um Pai de amor e muito amor a caminhar a cada minuto, a cada respirar nosso, Ele sempre está lá.
Pai que só nos apresenta oportunidades de crescimento, nem sempre compreendidas pela criança espiritual que ainda somos.
Mas o Pai não nos pune, não nos condena e sim nos banha com seu amor.
E é esse amor que nos liberta, que nos levanta e nos mostra outros caminhos.
Ontem foi doloroso...
Hoje é um novo recomeço, agora é o momento de novamente reerguer a cabeça e seguir.
Não seguiremos sozinhos!
O Pai não nos deixa.
Nas manhãs em que acordamos sem pique, Ele vem até nós e nos envolve em sua proteção.
Nos instantes em que não seguramos as lágrimas, são suas mãos que as enxugam.
E quando pensamos que não aguentaremos mais o fardo a carregar e realmente pensamos em desistir, é Ele que declama:

EU ESTOU CONTIGO
VAMOS, CONFIA, PORQUE JUNTOS TRIUNFAREMOS


E, assim, novo alento renasce em nosso íntimo e a esperança volta a sorrir.
E de mãos dadas com esse Pai de Misericórdia, voltamos a caminhar, porque somos capazes, trazemos imenso potencial dentro de nós.
E com esse potencial vamos edificando outras construções, porque nosso potencial não pode enferrujar, acreditemos nele e muito faremos.

"Batei e vos será aberto".

Vamos, tendo a consciência de que não iremos sozinhos.
O Pai caminha conosco.
E juntos triunfaremos diante de qualquer tempestade.
Não deixemos de confiar!
O Pai está eternamente a nos abençoar com seu amor...

Sônia Carvalho

Sobre a obsessão



Sabedoria Indígena

Um velho índio norte-americano certa vez descreveu seus conflitos internos da seguinte maneira: “Dentro de mim há dois cachorros.

Um deles é cruel e mau.
O outro é muito bom.
Os dois estão sempre brigando.
" Quando lhe perguntaram qual cachorro ganhava a briga, o ancião parou, refletiu e respondeu: "Aquele que eu alimento mais freqüentemente...”.

É sabido que a medicina reconhece a obsessão espiritual, como possessão por espíritos.
“O Código Internacional de Doenças(CID) n.10 (F44.3),já reconhece os estados de transe e possessão por espíritos; do mesmo modo que o Tratado de Psiquiatria de Kaplan e Sadock, da Universidade de Nova York, no capitulo sobre Teorias da Personalidade faz menção ao assunto ; e Carl Gustav Jung, em sua primeira obra, analisa o caso de uma médium,uma moca, “possuída” por um espírito,no estudo que fez dos fenômenos ocultos.

O termo possessão por espíritos é usado pela Associação Americana de Psiquiatria, no DSM 4 -casos clínicos".
Entretanto, ainda muitos buscam tratá-la de maneira “clássica”, com psicotrópicos.

Não quero dizer que a medicação não seja válida.

Muitas vezes o paciente precisa da medicação para ter um “fôlego” e, paralelamente, fazer um tratamento espiritual e emocional( consiste no amadurecimento emocional-compreensão de suas emoções).

Claro que o cliente deve buscar o tratamento espiritual,respeitando sempre suas crenças, a não ser que ele solicite uma indicação.

Existem graus de obsessão:

Influência espiritual - sugestões em nível espiritual (a influência, de certa forma, necessita da permissão da pessoa pela identificação vibratória dos pensamentos das duas partes).

A obsessão é a ação direta e persistente que um espírito malévolo exerce sobre a pessoa.

Sua maneira de atuação vai desde a simples influência moral, aparentemente silenciosa, até a perturbação completa do organismo e faculdades mentais: “Que na retaguarda dos desequilíbrios mentais, sejam da ideação ou da afetividade, da atenção e da memória, tanto por trás das enfermidades psíquicas clássicas como, por exemplo, as esquizofrenias e as parafrenias, as oligofrenias, paranóias, psicoses e neuroses que permanecem como perturbações da individualidade, transviadas do caminho que as leis Divinas lhe assinalam para evolução moral.

Enquanto lhe mantém a internação no instrumento físico transitório, até certo ponto, ela consegue ocultar no esconderijo da carne os resultados das paixões e abusos, extravagâncias e viciações a que se dedica”. espírito André Luiz - psicografia de Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira - Mecanismos da Mediunidade cap.XXIV - Obsessão - sub-item: Problemas morais - p.170 - Ed. FEB - 1997;

Caracteriza-se por cobranças, vínculo com faltas cometidas no passado e a fascinação (encantamento); a pessoa fica incapaz de discernir, constrói em sua mente uma “fantasia” e vive através dela. Com base na pequena metáfora ”Sabedoria Indígena”, devemos refletir qual cachorro alimentamos mais e que tipo de alimentação oferecemos a ele.

O que comem os cachorros:

O cachorro bom tem o nome de Luz e está ligado aos nossos desejos e aspirações, nossa herança genética e energética (vivências passadas) – plano astral superior; Então, ele se alimenta de maneira balanceada – DHARMA – nutrição da consciência.

Partindo do princípio de que a mente gera pensamentos que, por sua vez, geram sentimentos e emoções que, conseqüentemente, criam um fluxo de energia – saúde/doença (estado de consciência), percebemos que é muito importante olharmos para nós mesmos e assumirmos nossos pensamentos e sentimentos para, conscientemente, modificá-los.
Negar é como se escondêssemos o lixo sob o tapete; não é visto mas está lá, cheio de bactérias, ácaros, fungos (parasitas energéticos), vibrando incessantemente.

O cachorro cruel tem o nome de sombra e está ligado ao que trouxemos de outras experiências (vivências passadas) – energia ancestral e espiritual - plano astral inferior, nossas dificuldades e nosso maior aprendizado de libertação.

Ele se alimenta de vitimização (mágoas, ressentimentos, submissão, inflexibilidade, ilusão, negação, culpa e tantos outros); o cachorro corre atrás do próprio rabo e não sai do lugar criando energias viciosas, contaminadas, ensimesmadas.

Nossa “ignorância”, ou melhor, aquilo que conscientemente desconhecemos em nós, assume o poder para que seja modificado, então, não somos vítimas do acaso.

Sabemos da existência dos chacras superiores (cardíaco, laríngeo, frontal e coronário), inferiores (umbilical e básico) e o intermediário (ponte – plexo solar).

No plexo solar, encontram-se nossos desejos e aspirações; é um intermediário entre os planos superior e inferior em nós. A maneira pela qual nos relacionamos com o mundo faz despertar um plano ou outro, nosso cachorro bom ou cruel.

Enquanto colocarmos as responsabilidades pessoais fora de nós, estaremos alimentando nosso cachorro cruel que judia de nós nos causando alienação, cegueira da alma, abrindo brechas para outras consciências se alimentarem dessas energias que produzimos.
Entretanto, se nos olharmos, nos reconhecermos como seres em evolução com a bendita oportunidade de refazer adequadamente o que ficou pendente de alguma forma, daremos um salto quântico e aí domesticaremos nosso cachorro cruel e lhe daremos afeto - “amor”.
Assim, tornamo-nos libertos de nós mesmos.

Toda obsessão tem início em nós mesmos, na nossa inflexibilidade.

Escolha ser feliz agora.




Marta de A. L. Moreira Mendes
Psicoterapeuta Reencarnacionista, educadora, pós-graduada em psicossomática
e psicobiofísica, escritora e pesquisadora.




FIBROMIALGIA: TEMPERAMENTO FORTE?




 

 

 

 

 

 


O segredo da saúde da mente e do corpo está em não lamentar o passado, em não se afligir com o futuro e em não antecipar preocupações; mas está no viver sabiamente e seriamente o presente momento. (Buda)

A visão de homem, além do corpo físico, fez-me pensar na dor relatada pelas pessoas portadoras de fibromialgia.

Quando apareceu, em meu consultório, o primeiro cliente com este diagnóstico, fiz a entrevista e algo em especial chamou-me a atenção: “ninguém entende a minha dor, acham que eu exagero”, disse a cliente.


Então, resolvi fazer a bioeletrografia (sistema fotográfico especial que permite ao terapeuta avaliar o processo psicobiodinâmico - energia vital e fluxo de energia - registrando, em foto, a ionização de gases, vapores e outros fluídos específicos, resultantes do metabolismo, celular emanados das células através da pele, mais precisamente na ponta dos dedos). Isso foi em 2004.

O filme levou alguns dias para a revelação, mas as fotos não apresentavam nenhum sinal de dor (a bioeletrografia é capaz de registrar a dor física).
Fiquei intrigada, já que a cliente estava, efetivamente, em crise de dor e, em seu desespero, causado pela dor, tinha os olhos cheios de lágrimas.

Busquei informar-me, inteirar-me mais sobre a fibromialgia.
E todos os sintomas característicos, pela visão da psicossomática, levaram-me a pensar num temperamento forte.

A partir de 2004, outras pessoas, com o mesmo diagnóstico, foram aparecendo no consultório e resolvi fotografar o fluxo de energia produzido por elas mesmas.
Qual não foi minha surpresa quando notei que as fotos eram todas muito semelhantes.
Era, no mínimo, algo curioso!

Realizei algumas fotos de clientes fibromiálgicos para um médico de um grande hospital em São Paulo e o padrão era o mesmo.

Iniciei, então, o tratamento de meus clientes com os florais de Bach, em nível profundo de consciência, como faço há 15 anos, na busca da causa das dores.
O sofrimento sempre tem um sentido, uma mensagem. E, em parceria com os clientes, trilhamos o caminho até o ponto de origem da dor.

O relato de sonhos e percepções foram fundamentais para a prescrição correta dos florais.
Necessitava da autorização do cliente para acessar sua memória, cujo sintoma era a dor.
E, através da TVP, chegamos à origem provável.

Eu sempre inicio o trabalho com o uso de florais.
Eles vão iluminando a escuridão da alma para que o cliente se dê a permissão para resgatar sua capacidade de cura e superar o medo de perder o controle.

Nada é por milagre!
Os instrumentos de cura estão dentro de cada um, de acordo com suas necessidades.
Os florais iluminam a casa do curador interno e lá está a chave que abre a porta certa do inconsciente, trazendo para o consciente o “para quê” da experiência de dor.

Quando o cliente percebe seu “caráter”, ou seja, o padrão que se traduz em comportamentos de autocobrança, preocupações excessivas, controle, rigidez mental, dentre outros, consegue amadurecer a emoção, levando compreensão às memórias celulares.

As histórias dos clientes não são iguais, mas a forma de expressão na atual vivência é. Portanto, trabalho com a hipótese de a dor estar no corpo emocional e não no físico, uma vez que o material celular registrado nas fotos se altera durante o processo de psicoterapia, com o auxilio das ferramentas utilizadas pelo terapeuta.

Com a intenção de compartilhar com você e, de alguma forma, contribuir com o seu conhecimento, ilustro o texto com registros fotográficos de fibromiálgicos diagnosticados por médicos.

O trabalho está sendo preparado no formato Microsoft Powerpoint, tem aproximadamente 6.7 MB e está disponível para download em
aqui.



A BIOELETROGRAFIA É UM RECURSO NA PSICOTERAPIA.
 

Não sei dizer como é um homem que desfrute de completa auto-realização porque nunca vi nenhum. Antes de buscar a perfeição, devemos viver o homem comum, sem automutilação. - C. G. Jung

Escolhi o termo temperamento como hipótese de minhas pesquisas em padrão de fibromialgia, com bioeletrografia, por entender serem as características individuais um fator determinante na recepção dos estímulos emocionais, expressos de forma exacerbada.

Você poderá observar, nas fotos anexas, que o cliente possui uma predisposição orgânica que favorece o seqüestro de campos eletromagnéticos externos (segundo Dr. Sérgio Felipe de Oliveira há uma constituição fisiológica da glândula pineal, incrustada de cristais de apatita, que reage ao menor estímulo de luz, temperatura e outras vibrações), com mais facilidade do que para outras pessoas e pode, através deste estímulo, despertar memórias profundas sem a lembrança consciente das mesmas, tendo tão somente as sensações, as impressões.
Tais sensações e emoções se traduzem em uma desorganização bioquímica, trazendo transtornos de toda sorte.

Temperamento é a constituição básica, o que me faz pensar em predisposição genética e espiritual.

Observo que meus clientes fibromiálgicos (diagnosticados por médicos), vêm de famílias exigentes, controladoras, perfeccionistas e exageradamente preocupadas com a imagem como forma de corresponder às exigências de outrem e às suas próprias.

E falo aqui de uma estrutura construída para manter as exigências muitas vezes impostas e não conscientemente escolhidas - herança.

E a predisposição orgânica favorece o “sentir” da alma que grita por transformação, pedindo aceitação.

Não existe bom ou mau temperamento.

Um temperamento forte pode ser expresso em forma de conquistas nos vários aspectos da vida, de forma adequada, direcionando esta energia para toda a organização: pensamento, sentimento, emoção e ação.

A compreensão de que existe um “material” inconsciente que é acionado por um gatilho que desperta o padrão, que chamamos de caráter, favorece a autotransformação.

Penso em Jung: O que não enfrentamos em nós mesmos encontraremos como destino.

Nem todos os que vêm de uma família rígida desenvolvem a fibromialgia.

Entretanto, todos os fibromiálgicos vêm, mesmo que de forma “disfarçada”, de um rigor excessivo, com sobrecarga de responsabilidades, ilusoriamente suas, o que se configura na auto-exigência, no controle, na preocupação excessiva.

Apresentação de caso: click aqui.


Marta de Abreu Lima Moreira Mendes é pedagoga e psicoterapeuta complementar, pós-graduada em psicossomática e psicobiofísica, com extensão em neuropsicologia: “emoção e cognição”, e psicologia e religião: “a experiência de Deus e a psique”.
É também Mestre em Bioeletrografia pela IUMAB - International Union of Medical and Applied Bioelectrography in Brazil - órgão oficial da Bioeletrografia em nível mundial, e autora dos livros Reiki - Uma experiência de autolibertação e Reiki - Um processo alquímico

Saiba mais sobre o seu trabalho em seu site: Harmonia Terapias Complementares.

SEU EU FUTURO

Por Suzanne Lie PhD

Agora o seu EU Futuro gostaria de lhes passar uma mensagem pessoal:

Meu adorado em ascensão,

EU SOU seu eu pentadimensional futuro/passado. EU SOU seu coração, sua mente, seu espírito e seu corpo. EU SOU o primeiro de seus eu pentadimensionais a entrar em sua conscientização pentadimensional.

E, amado, há muitos, muitos mais de nós.

Conforme cada um de seus eu pentadimensionais entram em sua consciência física, e no final, em sua forma física, a taxa vibratória das moléculas em seu corpo físico se elevará.

Como vocês veem, há sintomas físicos que acompanham esse processo.

Um sintoma comum é que você pode ficar muito cansado.

Este é semelhante à fadiga que uma criança, um adolescente ou um idoso experimenta.

Esta fadiga é causada porque o corpo trabalha tão arduamente para elevar sua vibração que sobra pouca energia para as tarefas exteriores.

Você está se preparando para uma grande transformação e muito da força de seu corpo está sendo usada para integrar esta nova frequência em seu vaso terreno.

Seus corpos sutis da quarta dimensão já concluíram esta transformação.

Seu Corpo Causal fez a transição quando aprendeu a entrar no Espírito para ver a causa e o efeito da vida do ponto de vista da quinta dimensão.

Isto significa que seu Corpo Causal atravessou o Vazio para a quinta dimensão e foi capaz de ver o Grande Plano, ou a "Razão para a sua encarnação".

Desta perspectiva, cada e todos os desafios terrenos são vistos como uma parte da sua Missão.

Seu Corpo Mental aceitou a Consciência Galáctica.

Daí que ele está apto a aceitar e começar a integrar as partes de si que são "seres" em outros planetas, galáxias e dimensões.

Seu Corpo Emocional aprendeu a amar e aceitar seu lado obscuro - na maior parte do tempo.

Por conseguinte, o medo tem menos poder para bloquear seus sentidos superiores.

Seus Corpos Etéreos, ambos, o Corpo Etéreo que guarda o limiar para o Vazio antes da quinta dimensão e o Corpo Etéreo que guarda a entrada para o corpo físico, têm se tornado mais resistentes e mais abertos à transmutação. Seu Corpo Etéreo é o Guardião do Limiar.

O Corpo Etéreo que guarda o Limiar para o seu corpo físico é o eu inconsciente que o protege de ser esmagado e, portanto, regula o processo de transformação.

Ele regula o fluxo de prana para seu corpo físico para que nem muito nem pouco prana entre nele.

Seu Corpo Etéreo também guarda o limiar para o Vazio entre a quarta e a quinta dimensões para evitar que um excesso de experiências pentadimensionais penetre sua consciência até você ter concluído suas lições tetradimensionais.

Seu Corpo Etéreo contêm as memórias de seus ancestrais e também as lições de todos os dias que sempre são experienciadas em todas as suas realidades tri e tetradimensionais.

Desta forma, você pode receber TODAS as suas lições e integrá-las em sua mente consciente - quando você estiver preparado.

Você pode provavelmente apresentar diferentes sintomas físicos, emocionais e/ou mentais conforme o processo de integração de seu EU integral prossegue.

O corpo físico pode facilmente ficar sobrecarregado pelos estímulos conscientes das realidades superiores e paralelas.

Desde a queda de Atlântida, o cérebro humano tem operado a 10% até 15% de sua capacidade total. "A total Ativação Cerebral" está bem enferrujada e pode criar problemas no corpo enquanto este funcionamento do cérebro total inato é reativado.

Seu Corpo Causal pode estar passando por um processo de confusão porque as regras da terceira e quarta dimensões de causa e efeito são diluídas pelo AGORA e pela UNIDADE da quinta dimensão.

Seu Corpo Causal tem tido que liberar o conceito de "crime e castigo" e substituí-lo pelo conceito de "a Terra é uma sala de aula".

Esta confusão pode estar evidente na sua vida cotidiana como uma falta de confiança na sua capacidade de entender por que as coisas estão acontecendo.

Sua forma física pode sofrer ansiedade e depressão enquanto as ilusões de limitação e separação são liberadas e o AGORA e a UNIDADE da quinta dimensão gotejam na sua vida de todos os dias. Este processo pode criar sentimentos negativos como o antigo centro de crenças relacionado ao seu salto "não merecido" para a superfície de sua consciência para serem curados e liberados.

Seu Corpo Mental pode ter sido amplificado pelo poder de sua consciência pentadimensional.

Portanto, pensamentos que puderam permanecer ocultos agora são mostrados à sua mente consciente e atuam por suas emoções e comportamentos.

Convicções centradas no negativo são recuperadas dos arquivos de sua memória e são executadas na sua vida cotidiana para serem transmutadas.

O "saber tudo" está sendo substituído por "quanto mais eu sei, menos eu sei".

O seu Corpo Emocional têm passeado numa Montanha Russa conforme seu lado escuro vem à superfície com suas inúmeras mensagens de medo.

Seus "piores medos" têm se desenvolvido para que você possa "sobreviver a eles" e reduzir o poder deles.

Vez atrás de vez, você tem que amar as partes do seu eu que vocês negavam, odiavam e/ou temiam.

Seu Corpo Físico pode agora estar exausto e propenso à doença por causa de todas essas experiências e lições sendo integradas à sua vida cotidiana.

Você também pode ter tido problema com sobrecarga sensorial conforme causas inconscientes, pensamentos e emoções do passado fluem em sua mente consciente.

Suas percepções extrassensoriais têm progredido muito e "o que é real?" tornou-se uma pergunta frequente.

Os véus entre a terceira e a quarta, como também a quarta e a quinta dimensões estão ficando mais e mais finos. Lembranças de vidas passadas, tanto na Terra e em outros mundos e dimensões fluem em seus sonhos e meditações e o surpreende em sua vida de todo dia.

Você abriu o portal e ainda, normalmente, você deseja poder fechá-lo.

Porém, a ideia de perder esse novo Eu é mais perturbadora do que continuar seu processo difícil: sua possível duvidosa sanidade ou querer saber se tudo "apenas é sua imaginação". Os véus da separação estão saindo e um caminho bem claro está à sua frente.

A ilusão de uma separação entre você e o Tudo-Que-É está se desfazendo e uma união com toda a vida está abrindo um caminho de perdão - perdão a todos e tudo que o tiver prejudicado, incluindo o dano que você causou a si mesmo.

Este perdão está criando uma compaixão dentro de você, compaixão pelos outros e compaixão por si mesmo.

É esta compaixão que permitirá que você me integre seu eu pentadimensional.

Consequentemente, quanto mais você me integra em sua vida consciente cotidiana, mais você deve se conscientizar, perdoar, transmutar e ter compaixão por toda sua confusão, pensamento negativo e medo.

Agora o processo começou!

Você não pode pará-lo porque eu - seu Futuro Eu pentadimensional - não vou pará-lo. Finalmente, depois de muito tempo, você e eu somos um de novo.

Seu ego e eu unimos nossas forças. EU SOU o Capitão de seu vaso terreno e seu ego é o meu sub-capitão.

Deixe ir

Eu estou aqui

Eu sou você

Eu estou no AGORA

NÓS SOMOS UM



Fonte: http://suzanneliephd.blogspot.com/
Tradução: SINTESE
http://blogsintese.blogspot.com/
Respeite os créditos