quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Magia dos Animais

 
Os seguintes animais possuem qualidades mágicas que podem ser canalizadas em momentos de necessidade.
Escolha um animal para trabalhar que represente melhor uma característica de personalidade que você gostaria de desenvolver ou aperfeiçoar.

 
Águia ( espírito, conexão com o divino )

Acredita-se que a águia seja a mensageira ou a conexão entre os seres humanos e o Divino.
A águia possui a habilidade para vier no reino do espírito e , ainda assim permanecer ligada á Terra e seus habitantes.
Ela representa a graça alcançada por meio do trabalho dedicado.
Ela ensina aos humanos a ter coragem e a aprender não só com os altos, mas também com os baixo da vida.

Associações com a águia
Direção: Leste
Elemento: Ar
Divindades: Zeus, Indra, Júpiter, Mitras, Apolo

Quando você precisar de ajuda para o seu desenvolvimento espiritual, peça á águia.
Na meditação, una-se a ela ganhando altura, voando acima dos desejos materiais.
Peça á águia que entre em seus sonhos e que lhe transmita o conhecimento dos antigos.

 
Búfalo ( abundância, oração, dar graças )

O búfalo era a principal fonte de alimento para os índios das planícies norte-americanas. Ele fornecia carne, pele para as vestimentas e o casco para cola.
O búfalo era considerado sagrado em muitas tradições porque representava o ideal de que quando tudo está em equilíbrio há grande abundância.
E sempre que havia abundância eram oferecidas preces de gratidão pelos índios.

Associações com o búfalo
Direções: Norte e Sul
Elementos: Terra e Fogo
Divindades: Ápis, Cernunnos, Júpiter, Thor, Zeus
 
Quando você se sentir mal com os outros ou com o ambiente, peça ajuda ao búfalo. Trabalhe com ele na meditação.
Quando sentir a necessidade de rezar ou dar graças pela bênçãos recebidas, peça-lhe que o ajude a expressar suas emoções de forma adequada.

 
 
Cachorro ( amizade, lealdade)
Os cachorros são, há muito tempo, considerados os melhores amigos do homem.
O cachorro é fiel até o fim, contenta-se com as necessidades simples da vida e, como o lobo, protege a casa e a família.
Por milhares de anos, os cachorros são homenageados justamente por sua lealdade, Hermes ( Mercúrio ) era frequentemente acompanhado por seu fiel cão.
Argos, o cachorro de Odisseu, foi o único que o reconheceu quando este voltou da Guerra de Troiá.
Nos cachorros, os sentidos do olfato (faro), audição e visão são apuradíssimos.
Algumas pessoas acreditam que eles podem inclusive detectar a aproximação do mal e da morte.
 
Associação com o cachorro
Direção: Norte
Elemento: Terra
Divindades: Odin, Lugh, Deméter, Mercúrio/Hermes, Ishtar
Apele para o cachorro quando você sentir necessidade de apoio dos amigos ou perceber que as lealdades se dividem.
Na meditação, peça ao cachorro proteção contra vibrações e pensamentos negativos das outras pessoas.


 
Cavalo ( ação, rápida, poder )

Há muito tempo o cavalo tem sido o símbolo de rapidez e poder.
Na mitologia antiga, é o cavalo que transporta os heróis e os deuses pela terra, e até no céu, em grandes velocidades.
O cavalo representa os poderes físico e sobrenatural.
Nas práticas xamânicas, ele possibilita ao xamã viajar pelo ar e chegar aos céus ou ao reino do espírito.
O cavalo é capaz de carregar pesados fardos por longas distâncias, com facilidade.
 
Associações com o cavalo
Direções: Norte, Leste, Sul, Oeste
Elementos: Terra, Ar, Fogo, Água
Divindades: Épona, Hélio, Brígida, Apolo, Godiva, Marte, Artêmis
Quando você precisar reagir rapidamente a uma situação, invoque o cavalo.
Se necessitar de mais poder pessoal ou estiver sobrecarregado de trabalho, peça ao cavalo que lhe dê força.

 
Coruja ( clarividência, magia, projeção astral )

A coruja é chamada de águia noturna por causa de sua ligação com o mundo dos espíritos Ela caça á noite, enxerga no escuro e detecta a presa pelo som.
Os humanos podem ter medo do escuro, mas a noite é amiga da coruja.
Ela é um silencioso; não podemos ouvi-la quando voa.
A coruja costuma ser associada ás bruxas por causa dessa conexão com a noite.

Associações com a coruja
Direção: Leste
Elemento: Ar
Divindades: Atena, Lilith, Hecate, Bloeuweed, Ísis, Minerva
 
Na prática da meditação, peça á coruja que o ajude a descobrir a verdade e a ver as coisas claramente.
Ela também pode ajudá-lo a aprender a interpretar augúrios e intuir sonhos.
antes de fazer quaisquer suposições ou tentar adivinhar algo, solicite a presença da coruja para ajudá-lo a interpretar as coisas corretamente.
 
 
Elefante ( sabedoria, estabilidade )

O Elefante sempre foi reverenciado por seu tamanho, inteligência e devoção à família.
O filósofo grego Aristóteles admirava o elefante por sua grande sabedoria e inteligencia.
No hinduísmo, o deus Ganesh, com cabeça de elefante, é invocado antes de se tomar uma decisão importante.
Ganesh traz estabilidade e abundância aos comerciantes.
 
Associações com o elefante
Direção: Norte
Elemento: Terra
Divindades: Ganesh, Indra, Shiva.

Se você estiver com dificuldade para tomar uma decisão, trabalhe com o elefante para ter sabedoria e estabilidade.
Se estiver pensando em abrir um novo negócio ou se precisa de mais clientes para o seu negocio atual, peça ajuda ao deus Ganesh.


Gambá ( reputação, respeito )

O significado do gambá não é uma brincadeira, esse adorável animalzinho peludo tem uma reputação que exige grande respeito.
Por causa de seu comportamento peculiar, os seres humanos e os outros animais mantêm-se distantes dessa pequena criatura odorífera.
O conceito fundamental aqui é, novamente, respeito.
A mensagem do gambá a todos é: cuidado com a língua, respeite a si mesmo e aos outros, criando, assim, uma posição de força e uma reputação honrosa.
 
Associações com o gambá
Direções: Norte, Leste
Elementos: Terra, Ar
Divindades: Diana, Cernunnos, Artêmis
Se sentir a necessidade de respeito dos amigos ou de sua familia, invoque o gambá.
Ele certamente agilizará as coisas.
Se você mora sozinho, peça ao gambá que o avise dos perigos e que proteja sua vida.


Gato ( independência, segredos )

O gato é muito independente, um poderoso caçador e tem muitos segredos.
No Egito, ele era venerado por sua astúcia e habilidade para purgar a casa de elementos indesejáveis.
Bast, a deusa com cabeça de gato, era considerada uma grande protetora das mulheres .
Na Roma antiga, o gato era símbolo da liberdade.
Ele é também conhecido por saber se esconder.
Associações com o gato
Direções: Norte e Sul
Elemento:Terra e Fogo
Divindades: Bast, Brígida, Hathor, Ísis, Maat, Osíris. Rá

Se você quer descobrir algo sobre si próprio ou sobre outras pessoas, peça ajuda ao gato na meditação.
Caso se sinta sobrecarregado, tendo a necessidade de mais independência, convide o gato para entrar nos seus sonhos.

 
Lobo ( poder, proteção, desenvolvimento psíquico )

Os lobos uivam par a luz, acasalam-se abertamente e andam em silêncio pela floresta.
O lobo vive pelo instinto.
É um descobridor de caminhos, de novas idéias e retorna à familia para ensinar-lhes os modos do mundo.
O lobo tem sentidos apurados, trabalha com o poder da lua e é um símbolo de energia psíquica.
 
Associações com o lobo
Direção: Norte
Elemento: Terra
Divindades: Loki, Odin, Diana, Artêmis, Brígida, Morrigan

Quando você precisar de mais poder pessoal ou energia psíquica, invoque o lobo.
Ele o conduzirá à sua toca particular e lhe ensinará a andar em silêncio, a trabalhar com o poder da lua para desenvolver habilidades psíquicas.


Urso ( introspecção, estabilidade, sabedoria )

A força do urso está em sua habilidade para entrar em um estado de hibernação.
Nesse estado, ele é capaz de digerir a experiência de um ano.
O urso ganha sabedoria através do sono, enquanto sonha.
Quando o calor e a luz do sol voltam, ele sai do sono forte, estável e com vitalidade renovada.
O urso é um forte protetor da casa e da família.

Associações com o urso
Direção: Norte
Elemento: Terra
Divindades: Artêmis, Diana, Thor, Cernunnos

O urso lhe transmitirá grande sabedoria e lhe ensinará o valor do silêncio e da introspecção.
Quando sentir necessidade de estabilidade, invoque o urso na meditação.
Peça-lhe sabedoria.
 

Fonte: O grande livro de magia da bruxa grimoire - Lady Sabrina - Editora- Madras /2002

CORES E METAIS DE ACORDO COM OS OCULTISTAS MODERNOS.

 
PLANETAS CORES METAIS

Domingo Sol Amarela-ouro Magnetite, ouro

Segunda Vênus Amarela Platina, cobre

Terça Mercúrio Preta Carbono, hematita

Quarta Lua Azul Prata, zinco

Quinta Saturno Cinza-escura Chumbo, mercúrio

Sexta Júpiter Violeta Estanho, molibdênio

Sábado Marte Vermelha Ferro, volfrâmio,manganês



Talismã

O talismã, depois de confeccionado, quer em pergaminho quer em metal, deve ser consagrado e perfumado com o perfume indicado na respectiva casa lunar.

PLANTAS, PERFUMES, PEDRAS PRECIOSAS, METAIS E ANIMAIS NA MAGIA CIGANA.


Os de Saturno para seu talismã

Acônito, hera, eléboro, choupo, zambujeiros, sobreiros, carvalhos, lentilhas, tremoços, chicharros, bolotas, alvaiade, azeite, castanhas, pepinos, cebolas, cabaças.
 
Chumbo e enxofre.
Ônix, jade, coral preto.
Benjoim.
Cachorro, coruja, serpente, sapo.


Os de Júpiter para seu talismã

Gerânio, cravo-da-índia, manjerona, cravos, jasmim, sálvia, hortelã, trigo, arroz, cevada, nozes, amêndoas, pinhões.
Estanho e bronze.
Ametista, esmeralda, safira escura.
Moscada, âmbar, cânfora.
Águia, pavão, cervo, calhandra, perdiz.


Os de Marte para seu talismã

Anêmona, pimenta, pivenia, dália, ruibarbo, ranúnculo, giesta, mostarda, cominhos, funcho, arruda, cicuta, rabões, cebolas, alhos-porros e vinho tinto.
 
Ferro, antimônio e imã.
Rubi, granada, carbúnculo.
Aloés (babosa).
Lobo, cavalo, tigre, galo, escorpião, carneiro, bode.


Os do Sol para seu talismã

Girassol, heliotrópio, maravilha bastarda, malme-quer, centáurea, açafrão, visco, louro, limoeiro, laranjeira,trigo, oliveira, peônia, figueiras, romeiras, amoreiras, loureiros, alecrim, espécies cálidas e secas.
 
Ouro e platina.
Diamantes, âmbar, topázio, jacinto. Incenso, mirra, mastic.
Leão, canário.


Os de Vênus para seu talismã

Junquilho, narciso, rosas, lírio, violetas, lilás, amor-perfeito, jacinto, pimenta, açafrão, cravos, tâmaras, bálsamos, macieiras e as árvores de cheiro singular.
Cobre.
Safira clara, água-marinha, coral rosa, lápis-lazúli. Almíscar, âmbar, açafrão.
Cisne, mono, pombo, trocaz, pomba-rola, azulão.


Os de Mercúrio para seu talismã

Hortelã-pimenta, verbena, valeriana, melissa, margaridas, anis, nogueiras, laranjeiras, cidreiras, limoeiros, linho, romeiras, gengibre, canas doces.
Mercúrio vivo.
Esmeralda, jaspe, cornalina, pedras de cores variadas.
Lavanda, canela.
Pêga, pintarroxo, papagaio, andorinha, borboletas.



Os da Lua para seu talismã

Malvas, papoula, nenúfar, rainha da noite, tabaco, chá da Índia, abóbora, pepinos, marmelos, melões, alfaces, beldroegas, chicória.
Prata.
Opala, nacar, pérolas, cristal, selenita (gripsita). Mirra.
Águia marinha, coruja, morcego, borboletas da noite.



fonte: Livro de Maria Helena Farelli ( A Astrologia dos Ciganos e sua Magia )

Os signos ciganos

12 SIGNOS - O HORÓSCOPO CIGANO

Os ciganos sempre foram ligados em quiromancia e muitas outras formas de magia.
Na Núbia, próximo ao deserto de Saara, observando as estrelas e os corpos celestes, eles criaram o seu próprio horóscopo.
Confira .

Vejamos então quais os nomes que os zíngaros deram a seus signos do Zodíaco.
Punhal, Coroa, Candeias, Roda, Estrela, Sino, Moeda, Adaga, Machado, Ferradura, Taça e Capelas.



PUNHAL de 22 de março a 20 de abril

A impulsividade é a principal característica do nativo deste signo.
Sincero e autêntico, expressa a sua opinião, doa a quem doer.
Persistente, não desiste até alcançar o seu objetivo.
Regido por Marte.




COROA de 21 de abril a 21 de maio

Um signo basicamente romântico.
O nativo deste signo sonha com um grande amor e, muitas vezes, sofre sem razão.
Emotivo, costuma perder chances de subir na vida.
Para ele, o que conta é o momento, a fantasia.
Regido por Vênus.





CANDEIAS de 22 de maio a 22 de junho

Maleável, o nativo deste signo se adapta facilmente a tudo: mudanças, horários, situação financeira. Dança conforme a música.
Versátil, topa qualquer desafio.
No amor, não faz distinções.
Regido por Mercúrio.







RODA de 23 de junho a 23 de julho

Extremamente emocional, magoa-se por qualquer coisa.
Amoroso, adora crianças e animais.
Sentimentalmente, só é feliz quando encontra um parceiro romântico.
Regido pela Lua.




ESTRELA de 24 de julho a 23 de agosto

Altamente sugestionável, o nativo de estrela não pode assistir a filmes de terror, entrar em hospitais ou ouvir conversas sobre doenças.
Com grande força mental, ele pode atrair coisas boas como ruins.
Romântico e criativo, é também um perfeccionista.
Regido pelo Sol.


SINO de 24 de agosto a 23 de setembro

Crítico em todos os aspectos.
Não admite atrasos, erros ou desorganização.
Como chefe, não costuma ser muito querido.
Mas é prestativo, estando sempre pronto para resolver os problemas de todos.
De extremo bom gosto, o nativo de sino aprecia a decoração e a moda.
Regido por Mercúrio.




MOEDA de 24 de setembro a 23 de outubro

Para ele, a harmonia é fundamental.
Detesta brigas e desentendimentos.
Idealista, gostaria que todos fossem leais e amigos.
No amor, exige exclusividade.
Só se apaixona quando encontra alguém estável e seguro.
Regido por Vênus.




ADAGA de 24 de outubro a 22 de novembro

Impulsivo, o nativo de adaga possui pavio curto.
Quando se aborrece, fala tudo o que lhe vem a cabeça.
No dia seguinte, se arrepende e volta atrás.
Sentimentalmente, faz o gênero “um amor e uma cabana”.
Regido por Plutão.





MACHADO de 23 de novembro a 22 de dezembro

O nativo deste signo não sabe dizer não.
Por esse motivo, costuma ser explosivo.
Para ele, nada é mais importante que a sua liberdade.
Não gosta de se prender a nada - horários, lugares ou pessoas.
Teme o casamento e a rotina.
Regido por Júpiter.



FERRADURA de 23 de dezembro a 19 de janeiro

Prudente e realista, não se arrisca em projetos incertos.
Para ele, tudo precisa ser seguro e calculado.
Ambicioso, não mede esforços para conseguir o que deseja, não se importando com os meios que use. Apenas o amor é capaz de tirá-lo do sério.
Regido por Saturno.





TAÇA de 20 de janeiro a 19 de fevereiro

Um signo independente e orgulhoso, que gosta de progredir às custas do próprio esforço.
A bondade é uma característica importante; está sempre disposto a ajudar.
Sentimentalmente, é instável.
Para casar-se, precisa estar apaixonado.
Regido por Urano.




CAPELAS de 20 de fevereiro a 21 de março

Ótimo amigo, leal e honesto.
Sua natureza é triste e quieta.
Dificilmente o nativo deste signo participa ativamente de festas ou diversões.
Ele prefere observar.
No amor, é cuidadoso.
Custa muito a se apaixonar e namora pouco.
Casa-se tarde.
Regido por Netuno.





Fonte: Maria Helena Farellia ( Astrologia dos ciganos e sua magia )

Os Gárgulas

 

Os gárgulas apresentam uma função primordial nos templos e igrejas católicas, que é servir de desaguadouros, ou seja, são calhas destinadas a escoar a água de cima dos telhados a uma certa distância das paredes.
Mas devido a influencia gótica na Idade Média, essas calhas ficaram escondidas dentro de figuras monstruosas e animalescas.
O termo "gárgula" se origina do francês "gargouille", originado de gargalo ou garganta, em latim "gurgulio", gula.
Palavras similares derivam da raiz "gar", engolir, a palavra representando o gorgulhante som da água, naturalmente emitido pelas esculturas.
Apesar de ter ganhado popularidade na Idade Média, os gárgulas também estão presentes em templos Gregos, apesar de não possuir seu aspecto clássico medieval.

 
Acredita-se que originalmente as figuras monstruosas, e por vezes assustadoras, dos gárgulas tenham sido criadas para alertar os fiéis católicos de que o mal nunca dorme.
Por esse motivo os fiéis deveriam estar sempre em estado de alerta e em vigilância contínua, mesmo em locais sagrados e santos como as igrejas e catedrais.
Além dos clássicos gárgulas existem também nos telhados dos templos a bizarra figura das "Quimeras", elas basicamente possuem as mesmas características físicas dos gárgulas, com a única diferença de que elas não possuem a função de desaguadouros, mas servem somente como ornamentos artísticos.
Geralmente essas figuras também acabam sendo chamadas de gárgulas.


No antigo Egito, as gárgulas escoavam a água usada para lavar os vasos sagrados, que geralmente precisavam ser feitos nos telhados planos dos templos religiosos.
Já nos templos gregos, a água dos telhados passava através da boca de leões (algumas vezes de pássaros) os quais eram esculpidos ou modelados em mármore.
Na cidade de Pompéia, muitas gárgulas foram encontradas modeladas na forma de animais.


Uma lenda francesa gira em torno de São Romano (+ ou - 641 d.c), primeiro chanceler do rei merovíndio Clotário II.
A história diz como ele e mais um prisioneiro voluntário derrotaram "Gárgula", um dragão-do-rio que vivia nos pântanos na margem esquerda no rio Sena.
A dita criatura afundava, barcos, comia pessoas e animais.
Um dia, o bispo atraiu a Gárgula para fora do rio com um crucifixo, e usando seu lenço como cabresto, levou o monstro até à praça principal.
Lá, os aldeões a queimaram até a morte .


Apesar da maioria das gárgulas ser de figuras grotescas de animais misturados com humanos, o termo gárgula inclui todo o tipo de imagem.
Algumas gárgulas são também esculpidas como monges sinistros.
 
Na ficção contemporânea, as gárgulas são tipicamente descritas como uma raça humanóide alada com características demoníacas (geralmente chifres, rabo, garras e bico). Segundo as lendas, as gárgulas podem usar suas asas para voar ou planar a noite, e muitas vezes são descritos como tendo uma pele rochosa, ou sendo capazes de se transformar em pedra.

A catedral de Notre-Dame de Paris é o local onde se encontra as gárgulas mais famosas e clássicas do mundo.


Agora fiquem com uma seleção de gárgulas muito legais.
























http://ocalafrio.blogspot.com.br/2013/05/os-gargulas.html